AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Escolas de Varginha começam a se preparar para novo ensino médio



 A Lei nº 13.415/2017 alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma mudança na estrutura do ensino médio, ampliando o tempo mínimo do estudante na escola de 800 horas para 1.000 horas anuais (até 2022) e definindo uma nova organização curricular, mais flexível, que contemple uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a oferta de diferentes possibilidades de escolhas aos estudantes, os itinerários formativos, com foco nas áreas de conhecimento e na formação técnica e profissional.

A mudança tem como objetivos garantir a oferta de educação de qualidade à todos os jovens brasileiros e de aproximar as escolas à realidade dos estudantes de hoje, considerando as novas demandas e complexidades do mundo do trabalho e da vida em sociedade.

Ou seja,  a principal proposta do Novo Ensino Médio  é estabelecer uma estrutura curricular comum a todas as escolas, definida pela Base Nacional de Comum Curricular (BNCC), além de outra mais flexível organizada pelo estudante.


Em Varginha

O Colégio Marista já definiu a nova matriz curricular, grade horária, material didático e itinerário formativo para a implantação gradativa do novo modelo, que tem início com o 1º ano do Ensino Médio.

De agosto a novembro, as equipes diretivas e pedagógicas participam de cursos de formação, presencial e online, para tratar dos aspectos ligados ao novo modelo. Também estão programados até o fim de 2021, encontros com pais e familiares para explicar sobre a mudança.

Já no Colégio Batista, a coordenação está preparando os professores e analisando a matriz curricular para que o Colégio possa organizar como ser feito. O projeto de vida já foi introduzido neste ano e a coordenação está planejando e capacitando os professores.

E no Colégio Santos Anjos já vinham adotando uma ‘matriz de transição’ desde o ano passado com disciplinas como: empreendedorismo, educação financeira e projeto de vida. Segundo a diretora pedagógica, essa transição não vai ser tão forte para os alunos, já que a matriz curricular do colégio é maior que e proposta pela lei.

Os professores estão se capacitando para o início do Novo Ensino Médio no próximo ano.


Fonte: Blogue do Madeira


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.