AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Hora de poupar? Acostumado a repetir time, Cuca avalia plano para Atlético



O técnico Cuca tem contrariado uma máxima que imperou no futebol brasileiro ao longo de anos: a de que não é possível disputar todas as competições do apertado calendário nacional com a mesma formação. Das duas, uma: ou o time perde intensidade ou perde muitos atletas por lesão. Até aqui, o treinador tem mantido a base da escalação do Atlético na Copa do Brasil, na Libertadores e no Campeonato Brasileiro. Em meio à 'maratona' de jogos, teria chegado a hora de poupar os mais desgastados?

Desde 28 de fevereiro - estreia na temporada -, o Atlético disputou impressionantes 52 jogos (36 vitórias, dez empates e seis derrotas). Em média, o time alvinegro joga uma vez a cada quatro dias. Até o fim do calendário de 2021, serão pelo menos mais 21 partidas (18 da Série A, uma da Libertadores e duas da Copa do Brasil).

Embora tenha feito modificações na estrutura da equipe ao longo da temporada, Cuca aposta na ideia de ter a formação considerada ideal em todas as frentes de disputa. O time titular, atualmente, conta com Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Matías Zaracho e Nacho Fernández; Hulk e Diego Costa.

As decisões sobre quem escalar, naturalmente, passam pela avaliação científica detalhada de indicadores de desgaste físico, coletados pela comissão técnica do clube. Até aqui, tem dado certo: o time mantém o alto nível e está na disputa pelos três títulos.  

Porém, nas últimas semanas, houve algumas modificações forçadas na equipe ideal do Atlético. Antes titular, o atacante Jefferson Savarino, com uma lesão muscular na coxa direita, deu lugar no time ao volante Jair.

Diego Costa é outro que pode ter que sair da equipe, já que sentiu dores na parte posterior da coxa esquerda durante o empate dessa terça-feira com o Palmeiras (0 a 0), pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores.

O duelo de volta será na próxima terça-feira, às 21h30, no Mineirão. Antes, porém, o Atlético tem mais um jogo importante: vai enfrentar o São Paulo, neste sábado, a partir das 21h, no Morumbi, pela 22ª rodada do Brasileirão.

Cuca foi questionado se pouparia os jogadores mais cansados na partida da Série A para tê-los em melhores condições no mata-mata continental. Ele, porém, frisou que precisaria esperar a avaliação dos fisiologistas.

"Nós temos rodado bastante o elenco, e agora não é o momento para a gente decidir isso, acabou o jogo faz meia hora. Vamos ter reavaliação e treinamentos para depois decidir", disse o comandante.

Os mais utilizados

Os jogadores que mais atuaram na temporada são o atacante Hulk (47 jogos), o goleiro Everson (46 jogos), o volante Allan (41) e o meio-campista Matías Zaracho (38). Os quatro são titulares e, portanto, atuam a maior parte do tempo em todas as partidas disputadas.

Há, ainda, reservas muito acionados, como o meio-campista Tchê Tchê (37) e o atacante Eduardo Sasha (35) - este último tem o mesmo número de aparições que o lateral-direito Mariano, o zagueiro Junior Alonso e o meia Nacho Fernández, todos titulares.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.