AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Após vitória em casa, "Mister" do VEC evita ser comparado com Jorge Jesus: “Melhor do mundo”

 


Chamado de “Mister” pela torcida do VEC em alusão a Jorge Jesus, o português que comanda o time de Varginha evita comparações com o famoso conterrâneo, que é ídolo do Flamengo. Tiago Miguel crê que o atual técnico do Benfica é o “melhor do mundo”.

- Penso que taticamente é o melhor treinador do mundo, falta a ele um pouco de comunicação. Você viu o que ele fez no Brasil. O Renato Gaúcho pode fazer igual? Pode. Mas, pode perguntar aos flamenguistas o que preferem: se é o Renato Gaúcho ou o Jorge Jesus.

Jorge Jesus venceu Libertadores, Brasileiro, Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Carioca no comando do Robro-Negro, entre 2019 e 2020. Pelo sucesso do português no Brasil, a torcida do VEC chama Tiago Miguel também de “Mister” nas partidas no Estádio Melão, em Varginha.

 O comandante do Rubro-Negro de Varginha explica que culturalmente todo treinador é chamado de “Mister” em Portugal. Ele enfatiza, ainda, que não há comparações com Jorge Jesus nem mesmo no estilo de jogo.

- Em Portugal, todo treinador é chamado de Mister. [Apesar de ser uma referência para mim], o estilo de jogo de Jorge Jesus é completamente diferente a nossa visão de jogo. Talvez a única semelhança seria na posse de bola.

Natural de Lisboa, Tiago Miguel tem 41 anos e iniciou a carreira de treinador nas categorias de base do CD Belas, de Portugal. No Brasil, ele trabalhou no Sub-17 do Maringá e é treinador do VEC desde junho deste ano.

 

VEC líder da 2ª Divisão do Mineiro

O VEC soma 10 pontos na Segunda Divisão do Mineiro e é líder isolado do Grupo A, seguido pelo Santarritense, que tem oito e pelo Atlético de Três Corações que tem sete. Para abrir vantagem na ponta, o time de Varginha venceu o Figueirense-MG por 4 a 2, no Melão, no domingo (17).

Os primeiros três pontos em casa, para o treinador, foram conquistados na base da “união do grupo” mesmo no, para ele, “pior jogo até agora”.

- Não foi o nosso melhor jogo, penso que foi o pior jogo que fizemos até agora. No intervalo as coisas não estavam bem, conversamos, entramos com mais calma. Com a qualidade que os jogadores têm, fizemos um gol logo no início do segundo tempo e depois controlamos um pouco mais. A equipe estava angustiada de ainda não ter ganhado em casa, então ficamos mais no controle e depois foi só controlar depois do quarto gol. Um espírito de sacrifício e união dos jogadores. 

Na próxima rodada, o VEC vai a Poços de Caldas enfrentar o Vulcão, na sexta-feira (22), às 19h30.

GE


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.