AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Coluna - Luiz Fernando Alfredo

 Labirinto de Bolsonaro

Após assistirmos várias entrevistas de Temer, com a cara brilhante de júbilo, pouco disfarçado, se sentido como o homem que salvou o Brasil de um “golpe” dos patriotas verde e amarelo, conservadores, que jamais tinham visto a podridão que há nos porões da república e que nunca tiveram oportunidade de conhecer um líder corajoso e autêntico, com tudo para colocar o Brasil na vanguarda do mundo junto com sua equipe técnica, propalando a liberdade, a família, amor ao país e a Deus.

Temer é uma raposa velha, com o mérito indiscutível de realizar a transição do país com algumas medidas prontas, após o impeachment de Dilma até a posse de Bolsonaro. Em que pese, seu governo ter enfrentado uma pauleira, ele sobreviveu, foi covardemente preso e até um pouco injustiçado

O “pacificador” Temer sem ficar vermelho de vergonha diz que as instituições estão todas dentro dos preceitos constitucionais, como se o Presidente fosse o desajeitado e provocador e graças a ele, Temer, tudo está perfeito agora. Quem tem rabo preso não arrisca abana-lo, concorda Temer? Afinal é a cara do MDB nacional, não disputo, mas com certeza adiro a quem tem a força de He - Man, “pelos poderes de GlaysKull, eu tenho a força”. O último candidato a presidente, Meirelles, apenas preencheu vaga, para melhorar a imagem do partido.

Portanto estamos cada vez mais desconjurados do que acontece no cenário brasileiro hoje, pois sentimos que o Presidente está num labirinto. Segundo o Google, temos mais de um milhão de advogados inscritos na OAB. Dia 05 de outubro a Constituição Federal completou 33 anos de vida, ainda bem que temos tantos advogados, doutrinadores, especialistas, professores de direitos para cuidarem bem dela. Não é mesmo? Parece que somente Felipe Santa Cruz, parece destoar da classe, pelo menos é o que assistimos através da mídia honesta.

As Redes, Globo, Band e a forasteira CNN, mais às rádios e jornais ligados a estes grupos, estão desconstruindo o Brasil sem nenhum respeito aos brasileiros, especialmente àqueles que não têm acesso às mídias sociais e recebem notícias distorcidas, fraudulentas e desprovidas de ética de seus jornalistas, que mesmo não concordando, fazem qualquer negócio para não perderem o emprego.

A par das mentiras e ódio que dominam o país, Bolsonaro tem seguidores suficientes para elege-lo no primeiro turno das próximas eleições, mas será que vale a pena para ele? Um cabo de guerra, sendo que todas instituições lotadas de militantes plantadas pela esquerda encantadas com ditaduras comunistas, desde o ano de 1.985, quando Sarney assumiu, até 2018, estão de um lado fazendo força contra Jair e alguns dos seus amigos da onça, alguns militares de alto escalão “melancias”, muitos figurões acovardados fingindo segurar o “caixão” e pouquíssimos políticos sérios do seu lado, estes fazendo força.

O sujeito é acusado de tudo, massacrado vinte e quatro horas por dia, mesmo tendo tantos apoiadores. Onde estará o erro? Será que não sabemos votar mesmo? Embora tenhamos feito vários textos, acusando os congressistas - especialmente o Senado do ensaboado Pacheco - que não fazem questão de nos representarem e lutarem pelos anseios da maioria dos seus eleitores, achamos que falta mais compromissos da maioria dos Governadores, Parlamentares Estaduais, Prefeitos e Vereadores, pois em que pese as dificuldades de caixa, legadas pelas administrações esquerdistas, o Presidente diferente, que dá murro em pontas de facas, consertou a situação financeira de muitos Estados e Municípios através dos recursos enviados para enfrentamento da pandemia, muitos extraviados.

É talvez seja falta de reconhecimentos e apoios destas forças, que juntas farão diferença a favor do Brasil, livrando-nos do perigo da esquerda, caso queiram, pois todos que não são cínicos sabem que Bolsonaro avisou que iriam quebrar o país, aumentarem o desemprego e o desabastecimento de alimentos, até o FMI elogiou o Brasil, quanto às medidas econômicas de Paulo Guedes, patrocinadas pelo governo.

Já imaginaram, pelo menos para 2022, se Bolsonaro não puder continuar o seu trabalho utópico a curto prazo, quem sobra?  Ciro, Dória, Eduardo Leite, Moro, Omar Aziz, Renan, Randolfe, Aécio Neves, Fernando Henrique, Haddad, Pacheco e outros que não merecem ser citados, embora imaginamos que nas próximas eleições, candidatos de maior envergadura surgirão porque, estão aprendendo que os brasileiros são conservadores, entretanto não tinham consciência disto. Só mesmo Bolsonaro, matuto, honesto, com cheiro de povo, que faz soar o hino nacional sempre e reverencia a nossa bandeira emocionando os patriotas, abrindo o caminho para liberdade. Será que os brasileiros sabem que Bolsonaro discursava na Câmara para o plenário quase vazio, pois suas ideias não dava votos? Quem diria hein? E ainda têm larápios que esbravejam: “V.Sa. está no Senado Federal”! “Eu sou um Senador de passado limpo”!

Que Deus proteja todos os brasileiros!


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.