AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Agenda 21 & Cidadania - 05/11/2021

 COP 26 – MERECE REFLEXÃO!

Inicialmente esclareço que “COP” significa Conferência das Partes, aonde há quase três décadas a ONU reúne quase todos os países do mundo para as cúpulas climáticas, denominadas COPs. 

Estes encontros surgiram após uma reunião ocorrida em 1992 no Rio de Janeiro com o nome de Cúpula da Terra aonde foi aprovada a Convenção –Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC), sendo que este tratado começou a vigorar a partir do ano de 1994 e atualmente abrange 197 países.

Este ano está sendo realizada em Glasgow, na Escócia, no período de 31/10 a 12/11.  a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas - COP-26 sobre questões relacionadas ao clima. 

No ano de 2015, em Paris, ocorreu a última reunião –COP 21, aonde todos os países concordaram em trabalhar, em comum acordo, para limitar o aquecimento global a menos de 2 graus, com o objetivo de chegar a 1,5 graus, assumindo o compromisso de se adaptarem aos impactos das mudanças climáticas e disponibilizar recursos para cumprir esses objetivos. 

Mediante este fato é que surgiu o Acordo de Paris aonde os países assumiram a tarefa de apresentar planos nacionais, estabelecendo o quanto reduziriam suas emissões, acordando que a cada 05 anos voltariam com um plano atualizado que refletiria sua maior ambição possível naquele momento.

Contudo o relatório divulgado em 09/08/2021 pela Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas – IPCC atesta pela primeira vez, sem deixar margem de dúvida, que os seres humanos são responsáveis pelo aquecimento global, mostrando ainda que as mudanças climáticas atualmente estão afetando todos os continentes.

Ciente de que as mudanças já provocadas no ambiente desafiam este compromisso internacional para conter o aquecimento global, a COP 26 tem como principais metas finalizar o Manual de Regras de Paris (aquelas que irão tornar o Acordo de Paris operacional) e acelerar as ações para enfrentar a crise climática através da colaboração entre governos, empresas e sociedade civil.

Enfim, o cenário em que o Planeta se encontra neste momento requer uma reflexão sobre a sobrevivência humana e uma postura de responsabilidade humanitária e política por cada indivíduo.

Em nossa cidade atualmente está sendo realizada a revisão da Minuta Código do Meio Ambiente, coordenada pela Comissão Técnica nomeada pelo Prefeito Municipal de Varginha/MG composta por várias entidades, ONGs, Associações representativa, dentre elas o CODEMA (Conselho de Desenvolvimento e Meio Ambiente), que tem realizado reuniões para debate desta minuta, uma oportunidade para a sociedade manifestar junto a essa equipe sugestões que promovam a sustentabilidade.

A COP 26 parece um evento distante, mas muito do que é lá discutido tem impacto direto no futuro do planeta como um todo. Fato é que os países não operam sozinhos. As nações são formadas essencialmente por cidades, que por sua vez, têm o poder de liderar as mudanças necessárias para mitigar os efeitos da mudança no clima. Sob este aspecto, os investimentos na infraestrutura urbana serão cruciais tanto para o futuro do planeta quanto para a qualidade de vida das pessoas. As cidades que mais focarem ações nessa preocupação hoje serão as mais sustentáveis e adaptadas no futuro. Como Varginha se projeta neste cenário? Vale refletir!

Engº Alencar de Souza Filgueiras 
Presidente do Fórum Agenda 21 Local  
Presidente do Conselho Fiscal IBAPE-MG 
Contato : agenda21localvarginha@gmail.com


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.