AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Cidades do Sul de Minas suspendem aulas presenciais após casos suspeitos de Covid-19

 


Alunos de duas cidades do Sul de Minas tiveram que retornar para o ensino remoto nesta semana após o registro de casos de Covid-19. Em São Lourenço, três escolas registraram casos entre os alunos e corpo discente. Já em Poços de Caldas, dois funcionários de uma unidade estão com suspeita.

Poços de Caldas

Em nota divulgada na tarde desta terça-feira (9), a Prefeitura Municipal de Poços de Caldas anunciou a suspensão das aulas presenciais na Escola Padrão Parque das Nações por 14 dias.

A ação foi tomada após dois funcionários do local, que trabalham em turnos diferentes, apresentarem suspeita para Covid-19. Segundo a nota da Prefeitura, as aulas estarão suspensas no local até o dia 24 de novembro. “Até lá continuaremos nossas atividades de forma remota, como nos meses anteriores”, afirmou.

São Lourenço

Já em São Lourenço, a Escola Estadual Eurípedes Prazeres, em funcionamento no bairro Vila Carneiro, também suspendeu todas as atividades presenciais na tarde desta terça-feira (9). Ao todo, 11 casos suspeitos de covid-19 foram registrados no local, tanto no quadro funcional quanto no corpo discente.

Segundo a diretora e professora Thais Diniz Romão, um auxiliar de serviços de educação básica e outros dez estudantes receberam orientações para ficarem isolados em casa e entregarem à escola o teste sorológico que confirme o estado de saúde de cada um. "Se o resultado de todos for negativo, retomamos as atividades presenciais o quanto antes”, afirmou a diretora.

As atividades presenciais da Escola Estadual Eurípedes prazeres foram retomadas de forma integral e obrigatória na última quarta-feira, 3 de novembro. Já os casos suspeitos foram notificados nesta segunda-feira (8), menos de uma semana depois.

Com a nova suspensão integral das atividades presenciais, professores e estudantes voltam para o sistema remoto de aulas do estado, o Conexão Escola.

Os casos suspeitos foram identificados nas seguintes turmas:

Manhã

2 casos suspeitos em turmas do 5º ano.

3 casos suspeitos em turmas do 4º ano.

Tarde

1 caso suspeito em turma do 1º ano.

1 caso suspeito em turma do 2º ano.

1 caso suspeito em turma do 3º ano.

Até a publicação desta reportagem, três testes sorológicos já tinham tido resultado negativo, incluindo o teste do auxiliar de serviços de educação básica.

Outros casos investigados

Segundo a Secretaria de Saúde de São Lourenço, outras duas instituições de ensino, a Escola Estadual Doutor Emílio Abdom Póvoa e a Escola Municipal Ismael Junqueira de Souza, também investigam casos suspeitos de covid-19 entre o quadro funcional e o corpo discente.

Na primeira, foram identificados cinco casos, um estudante e quatro funcionários, enquanto na segunda, uma professora e um estudante, da mesma sala, relataram sintomas da doença.

Segundo a secretaria, as atividades presenciais de toda a escola estadual serão suspensas por 14 dias. Já na escola municipal, serão dispensados apenas os colegas da referida turma, por igual período. Ambas as medidas seguem as determinações dos protocolos municipais.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, não há nenhum paciente internado nas alas clínicas ou unidades de tratamento intensivo da cidade em função da doença.

Confira abaixo a nota da Secretaria Estadual de Educação na íntegra:

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais esclarece que o protocolo sanitário de retorno às atividades escolares presenciais, inclui monitoramento de casos suspeitos de covid-19 e orienta que servidores ou estudantes que apresentarem sintomas da doença comuniquem a situação à direção da escola, sendo imediatamente afastados das atividades presenciais. O protocolo também prevê a suspensão por 14 dias das atividades presenciais quando há mais de um caso suspeito e com diagnóstico confirmado de covid-19 em uma mesma turma, turno ou escola, sendo analisada cada situação de forma específica, migrando o atendimento aos alunos para o regime remoto em todos os casos necessários.

Seguindo as orientações da Secretaria Estadual de Saúde, em consonância com a vigilância sanitária do município, o atendimento na Escola Estadual Eurípedes Prazeres, em São Lourenço, foi suspenso preventivamente nesta terça-feira (9). A medida foi tomada após o monitoramento de casos suspeitos de covid-19 envolvendo servidores e alunos da unidade. Os servidores já foram imunizados com as duas doses da vacina contra a covid-19. As atividades presenciais na unidade estão previstas para retornar no dia 23 de novembro e os estudantes seguem desenvolvendo as atividades de forma remota.

A superintendência regional de ensino de caxambu está monitorando e acompanhando a situação, prestando todo o apoio necessário, juntamente com a secretaria estadual de saúde, a fim de realizar a vigilância e traçar estratégias rápidas de ação oportuna. Além disso, os dados são enviados para as regionais de saúde, secretarias municipais de saúde e atenção primária, para monitoramento constante de todos os casos e seus contatos.

Cabo Verde

A Prefeitura de Cabo Verde também suspendeu as aulas presenciais da rede municipal e estadual na cidade. O decreto foi publicado no dia 3 de novembro e as orientações valem até o dia 31 de dezembro.

A decisão foi tomada como medida de enfrentamento à Covid-19, após a cidade registrar um aumento do número de contaminações. Segundo a prefeitura, as aulas deverão acontecer apenas no formato online.

G1 Sul de Minas


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.