AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Com Hulk destaque, Atlético pode ter artilheiro do Brasileiro pela 8ª vez



O atacante Hulk é o grande nome do Atlético na temporada. Com 30 gols em 2021, ele balançou as redes no Campeonato Brasileiro 15 vezes e lidera a artilharia. Caso ele finalize a competição à frente dos concorrentes no quesito, ele será o oitavo goleador do Galo no torneio. 

No empate com o Palmeiras por 2 a 2, na última terça-feira, Hulk atingiu uma marca importante. Ele chegou aos 15 gols no torneio, mesmo número de Dario, o Dadá Maravilha, na campanha vitoriosa de 1971. 

Na primeira edição do Campeonato Brasileiro, Dadá balançou as redes 15 vezes em 27 partidas . Ele foi titular em todos os jogos feitos pelo Galo na competição. Na partida derradeira, o centroavante marcou de cabeça para cravar a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo e o título nacional para o Atlético. Também com a camisa alvinegra, Dario foi o goleador do Brasileirão com 17 gols ao lado de Pedro Rocha, do São Paulo.

Hulk, por sua vez, se isolou na artilharia com 15 gols marcados em 32 partidas realizadas. O jogador do Galo balançou as redes de oito adversários diferentes na competição: Corinthians e Juventude, três vezes cada, Sport, Bahia e Ceará, duas vezes, e Fortaleza, Cuiabá e Palmeiras, uma vez.
Em 1977, outro ídolo terminou como artilheiro: Reinaldo, que marcou impressionantes 28 gols em 18 partidas na campanha do vice-campeonato. A média de 1,55 tento por jogo é a maior da história.
Em 1996, Renaldo fez 16 gols e terminou como o artilheiro do Brasileirão ao lado de Paulo Nunes, decisivo na conquista do Grêmio. Guilherme marcou 28 vezes na edição de 1999, em que o Atlético terminou como vice-campeão após perder a final para o Corinthians.

O último artilheiro atleticano no Brasileirão foi outro ídolo: Diego Tardelli. Em 2009, o atacante marcou impressionantes 42 gols - 19 na Série A. Adriano Imperador, peça fundamental na campanha de recuperação do campeão Flamengo, fez a mesma quantidade.

Fred, em 2016, terminou como artilheiro máximo da competição ao lado de William Pottker (Ponte Preta) e Diego Souza (Sport), com 14 gols. Porém, dois deles foram marcados ainda com a camisa do Fluminense, antes da transferência para a Cidade do Galo.

Hulk ainda tem quatro jogos até o fim do Campeonato Brasileiro para se isolar mais na artilharia. Ele tem boa vantagem para o vice-artilheiro, Michael, do Flamengo, que soma 13 gols. Na sequência estão Gilberto, com 12, e Yuri Alberto, Edenílson, Ytalo, Bruno Henrique e Gabigol, todos com 11.

A temporada de Hulk é brilhante com a camisa do Atlético. Em 63 jogos realizados, o centroavante soma 30 gols e 12 assistências, totalizando 42 participações diretas em gols da equipe alvinegra.

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.