AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Desfalcado, Atlético recebe Corinthians para ficar mais perto do título



A cada dia que passa, o sonho atleticano fica mais perto de se tornar realidade. Mas o discurso na Cidade do Galo é um só: manter os pés no chão e disputar toda partida como se fosse uma decisão . E a 31ª 'final' do Campeonato Brasileiro terá desafios para este estrelado Atlético nesta quarta-feira, a partir das 19h. Desfalcado, o líder contará com o Mineirão lotado para enfrentar um Corinthians em ascensão e se aproximar ainda mais da taça que não conquista desde 1971.

Mais de 50 mil torcedores  garantiram antecipadamente ingressos para o duelo em Belo Horizonte, segundo parcial de vendas divulgada na tarde dessa terça pelo Atlético. O Mineirão tem sido uma fortaleza do time comandado pelo técnico Cuca. Em 15 partidas, foram 13 vitórias, um empate e apenas uma derrota. É a melhor campanha em casa da competição.

Com a força de jogar como mandante, o Atlético pode se aproximar ainda mais de um título que já está bem perto. Afinal, a equipe é líder, com 65 pontos - dez a mais que o segundo colocado Palmeiras. De acordo com os cálculos do departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Galo tem impressionantes  96,6% de chances  de ficar com a taça.

"A gente sabe o quanto vai ser importante esse título, mas a gente deixa bem claro e com toda a humildade do mundo: a gente ainda não ganhou. Estamos muito próximos, mas ainda falta. Precisamos estar focados nos próximos jogos, ter o máximo de atenção e humildade para correr e competir ao máximo, porque não tem nada ganho ainda", afirmou o atacante  Hulk .

"Poderia ter 99,9% de chances, mas não é 100%. Então, a gente vai estar focado, respeitando os nossos adversários e dando a vida por este clube e esta torcida para, se Deus quiser, concretizar este sonho que não é só da torcida e não é só do clube, passa a ser dos jogadores também", completou.

Desfalques

Cuca terá de lidar com uma série de desfalques no jogo diante do Corinthians. São cinco as ausências por convocação: o zagueiro Junior Alonso (Paraguai), que também está suspenso, o volante Alan Franco (Equador) e os atacantes Eduardo Vargas (Chile), Jefferson Savarino (Venezuela) e Sávio (Seleção Brasileira sub-17).

O lateral-esquerdo Guilherme Arana (pancada na coxa esquerda), o volante Jair (desgaste físico) e o atacante Keno (problema na coxa direita) são dúvidas. Já o lateral-direito Mariano, que sentiu câibras na vitória do último domingo por 1 a 0 sobre o América, está liberado para jogar.

Na zaga, a tendência é que Réver forme dupla com Nathan Silva. Na ala esquerda, se Arana não jogar, o escolhido será Dodô. Tchê Tchê é a alternativa mais provável para a vaga de Jair. No ataque, Hulk deve ter a companhia de Diego Costa, reserva contra o América no Mineirão.

O adversário


Em alta, o Corinthians é o sexto colocado do Brasileirão, com 47 pontos. A equipe comandada pelo técnico Sylvinho vem de duas vitórias consecutivas, ambas por 1 a 0, diante de Chapecoense e Fortaleza. Agora, a meta é desbancar o poderoso líder da competição.
O único desfalque para o jogo com o Atlético é o volante Cantillo, convocado pela Seleção Colombiana para partidas das Eliminatórias. Ele, porém, já não vinha sendo titular do time. O também volante Roni volta a estar à disposição após se recuperar de uma lesão no joelho direito, sofrida em setembro.

A tendência é que Sylvinho repita os 11 iniciais que escalou contra o Fortaleza, no último sábado. A maior dúvida é no ataque: Gabriel Pereira e Gustavo Mosquito disputam posição. O meia Renato Augusto deve ser utilizado como 'falso 9' mais uma vez, com o ex-atleticano Róger Guedes aberto pela esquerda.

ATLÉTICO X CORINTHIANS


Atlético
Everson; Mariano, Nathan Silva, Réver e Guilherme Arana (Dodô); Allan, Tchê Tchê (Jair), Matías Zaracho e Nacho Fernández; Hulk e Diego Costa
Técnico : Cuca

Corinthians
Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel; Gabriel Pereira (Gustavo Mosquito), Giuliano, Du Queiroz e Róger Guedes; Renato Augusto
Técnico : Sylvinho

Motivo : 31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local : Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário : quarta-feira, 10 de novembro de 2021, às 19h (de Brasília)

Árbitro : Bráulio da Silva Machado (Fifa/SC)
Assistentes : Éder Alexandre (SC) e Helton Nunes (SC)
VAR : Rafael Traci (Fifa/SC)

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.