AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Projeto vai ampliar em 50 toneladas por ano a produção de nióbio em Araxá

 


A Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), inaugurou na última quinta-feira (4/11), em Araxá, o projeto de expansão de sua planta industrial que visa ampliar a produção de nióbio em até 50 toneladas a mais por ano.

 A proposta que contará com mais de R$ 2 bilhões em investimentos, prevê a construção de uma estrutura de disposição de rejeitos e estima a geração de 133 empregos diretos no município do Alto Paranaíba. Cumprindo agenda em Araxá, sua terra natal, o governador Romeu Zema esteve presente na cerimônia de inauguração na sede da empresa, onde assinou um protocolo de intenções que visa estimular o desenvolvimento social e econômico da região. 

 O documento defende a ampliação de oportunidades de emprego direto e indireto, aumento das receitas para o município e seu entorno, além da implantação de atividades produtivas que agreguem valor e tecnologia ao estado.


Demanda do nióbio

 De acordo com a CBMM, para antecipar a demanda do mercado, foi realizado um investimento superior a R$ 3 bilhões, nos últimos 8 anos. Em decorrência, foi possível incrementar a capacidade de produção de 100 mil toneladas para 150 mil toneladas de produtos industrializados de nióbio por ano. “Há mais de seis décadas investimos no desenvolvimento do mercado de produtos de nióbio.

 E pretendemos oferecer soluções tecnológicas cada vez mais relevantes para as diversas indústrias. Temos a perspectiva de dobrar de tamanho, em volume de vendas, até 2030, e para isso vamos realizar investimento superior a R$ 7 bilhões, para um novo ciclo de expansão, que deve ter início em 2023”, explicou o CEO da CBMM, Eduardo Ribeiro. 

“A demanda de nióbio está crescendo anualmente. Isso demonstra que o metal tem uma aplicação cada vez maior no setor produtivo. Um exemplo é a fabricação de bateria de lítio; o nióbio ajuda no carregamento mais rápido e a aumentar a vida útil do produto. Isso torna o cenário da CBMM e de Minas mais promissor”, avaliou o governador Romeu Zema.

 

Outros investimentos

 Antes de visitar a CBMM, pela manhã, Zema foi até à McCain, fábrica de batatas em construção às margens da BR-262, entre Araxá e Uberaba. A empresa está investindo cerca de R$ 250 milhões na instalação da unidade industrial no município. Com previsão de inauguração ainda em 2021, a multinacional canadense estima a geração de 150 empregos diretos.

 

ExpoQueijo

 No início da noite de hoje, por volta de 19h, autoridades da cidade e do Estado, realizaram no Tauá Grande Hotel e Termas, por aproximadamente 50 minutos, a abertura oficial da  ExpoQueijo Brasil 2021 - Araxá International Cheese, que acontece na cidade até o próximo domingo (7/11).


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.