AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

ALMG encerra doações para a campanha Natal Sem Fome 2021

 


A arrecadação de doações pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para a campanha “Natal Sem Fome 2021” foram encerradas ao final da última sexta-feira (17/12/21) com a obtenção de 341 brinquedos novos e R$ 25,4 mil, suficiente para a compra de aproximadamente 250 cestas básicas.

A campanha “Natal Sem Fome” é organizada tradicionalmente pela Organização Não Governamental (ONG) “Ação da Cidadania contra Fome, a Miséria e pela Vida”, fundada em 1993 pelo sociólogo Betinho, e já ajudou mais de 20 milhões de pessoas a terem um Natal digno.

As contribuições em dinheiro foram feitas diretamente na conta-corrente da Associação Arebeldia Cultural, entidade parceira na execução de ações do Comitê Estadual da Ação Cidadania em Minas. Já os brinquedos foram entregues no posto de arrecadação na entrada do Palácio da Inconfidência, sede do Parlamento mineiro, e colocados junto à árvore de Natal montada na Galeria de Arte.

Distribuição - Ainda na última segunda (20) os brinquedos arrecadados foram entregues na sede da Associação de Moradores da Barragem Santa Lúcia em Belo Horizonte, parceira da Associação Arebeldia Cultural. No decorrer desta semana, a entidade já programou o repasse de cestas e brinquedos, obtidos pela ALMG e por outros parceiros, para outras 80 ONGs da Capital, que vão distribuí-los para quem mais precisa.

Devido às fortes chuvas nas regiões do Norte de Minas e dos Vales de Jequitinhonha e Mucuri, a Ação para Cidadania em Minas Gerais também entregará 2.500 cestas básicas para as famílias atingidas.

Além da Ação da Cidadania, vale destacar também a atuação da Associação Arebeldia Cultural. A ONG atua em várias iniciativas de incentivo ao protagonismo de jovens carentes da periferia, fomentando sua formação cultural e profissional e a participação comunitária como estratégia de combater as vulnerabilidades deles relacionadas às condições de moradia, baixa escolaridade e acesso restrito ao mercado de trabalho.


Adesão

A adesão da ALMG à campanha “Natal Sem Fome 2021” aconteceu no dia 18 de novembro, quando o presidente do Parlamento mineiro, deputado Agostinho Patrus (PV), assinou a carta-manifesto de apoio. Com isso, a Assembleia se juntou a uma imensa rede de solidariedade em todo o País da ONG Ação da Cidadania, responsável pela maior campanha de combate à fome da história da América Latina. A adesão aconteceu no âmbito do programa Assembleia Solidária, criado em setembro de 2011 pela ALMG e por entidades parceiras com o objetivo de engajar pessoas e organizações em causas sociais. Iniciativas assim se tornaram ainda mais importantes com o advento da pandemia de Covid-19 e o agravamento da situação social do País.

Nesse sentido, a ALMG também implementou diversas iniciativas visando ao combate da pobreza e à promoção da dignidade dos mineiros. Uma das mais significativas foi a aprovação do auxílio Força Família. Este auxílio foi criado pela ALMG por meio do Projeto de Lei (PL) 2.442/21, de autoria coletiva dos 77 deputados, mas tendo como primeiro signatário o presidente Agostinho Patrus.

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Sedese) durante o Assembleia Fiscaliza, mais de 1 milhão de famílias já foram beneficiadas pelo repasse único de R$ 600, totalizando R$ 650 milhões já transferidos.


Números

Segundo dados divulgados pela própria Ação da Cidadania, 116,8 milhões de brasileiros vivem com algum grau de insegurança alimentar e 19,1 milhões de brasileiros passam fome no Brasil.

Em Minas Gerais, segundo levantamento da Fundação João Pinheiro, mais de 5 milhões de pessoas vivem na pobreza ou na extrema pobreza, isso mesmo antes da pandemia, o que representa um a cada quatro mineiros.


Fonte: ALMG


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.