AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Após 11 dias, sistemas da Saúde começam a voltar; Conecte SUS segue fora



Após 11 dias do ataque hacker sofrido pelo site do Ministério da Saúde, a pasta informou que alguns dos sistemas atingidos começaram a ser restabelecidos nesta terça-feira (21/12). Por meio de nota, o órgão federal indicou que o sistema de registro de casos e mortes por covid-19, o E-SUS Notifica, o Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe), e o Sistema de Regulação (Sisreg) foram restabelecidos.

O Conecte SUS, plataforma na qual os brasileiros podem solicitar o comprovante de vacinação contra a covid-19, e outros, no entanto, segue fora do ar. "A pasta reitera que atua com agilidade para a o restabelecimento de todas as plataformas impactadas o mais breve possível", disse o ministério, em nota. 

Além do Conecte SUS, outros sistemas e plataformas do Ministério da Saúde, como o Localiza SUS e OpenDatasus, também foram atingidos pelo ataque hacker. 

Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o aplicativo Conecte SUS deve ser restabelecido até esta quarta (22). "Estamos trabalhando fortemente, dia a dia, para retornar o Conecte SUS. A expectativa, eu não quero cravar, já falei na semana passada que voltaria e tivemos um outro ataque, mas a impressão que foi passada pelos técnicos é que até quarta-feira estará funcionando", afirmou Queiroga. 

A indisponibilidade do aplicativo fez com o que o governo federal adiasse o início a exigência do comprovante de vacinação para viajantes que entram no Brasil. No entanto, mesmo sem restabelecer o sistema, o Ministério da Saúde, em conjunto com outras pastas, publicou ontem a portaria que estabelece a regra para entrada de viajante no país.

Estado de Minas

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.