AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Atlético enfrentará Flamengo em disputa pelo título da Supercopa do Brasil



Atlético tentará quebrar a hegemonia do Flamengo na Supercopa do Brasil em confronto marcado para domingo, 20 de fevereiro de 2022, em estádio e horário a serem definidos pela Confederação Brasileira de Futebol. O rubro-negro conquistou as taças de 2020 e 2021 superando Athletico-PR e Palmeiras, respectivamente, no estádio Nacional de Brasília.

Em ambas as participações, o Flamengo se qualificou à Supercopa por ter ganhado o Campeonato Brasileiro, enquanto seus adversários ergueram o caneco da Copa do Brasil.

Na edição de 2020, a equipe carioca goleou o Athletico-PR por 3 a 0. Em 2021, bateu o Palmeiras nos pênaltis, por 6 a 5, depois de empate por 2 a 2 no tempo normal.

Em 2022, o Fla disputará a Supercopa em função do regulamento que determina a presença do vice da Série A caso um clube alcance os dois títulos nacionais.

Foi justamente o que o Atlético fez ao terminar o Brasileiro em 1º, com 84 pontos, e atropelar o Athletico-PR por 6 a 1 no agregado da decisão da Copa do Brasil - 4 a 0, no Mineirão, e 2 a 1, na Arena da Baixada, em Curitiba.

A CBF pagará premiação a Atlético e Flamengo pela participação na Supercopa do Brasil. Em 2020 e 2021, a entidade destinou R$5 milhões ao campeão e R$2 milhões ao vice.

Galo e Urubu voltam a se enfrentar em uma decisão depois de mais de 40 anos. Em 1980, o rubro-negro ficou com o troféu do Brasileirão ao ganhar o jogo de volta por 3 a 2, no Maracanã.

Na ida, o alvinegro havia feito 1 a 0, porém estava em desvantagem pela campanha inferior nas semifinais - ganhou um jogo e empatou outro contra o Internacional, ao passo que o Fla obteve dois triunfos em cima do Coritiba.

A rivalidade entre mineiros e cariocas foi aguçada por outros confrontos importantes. O Flamengo avançou na fase de grupos da Libertadores de 1981, na semifinal do Brasileirão de 1987 e nas quartas de final da Copa do Brasil de 2006. Já o Atlético levou a melhor nas oitavas do Brasileiro de 1986 e na semi da Copa do Brasil de 2014.

De acordo com o Galo Digital, os clubes mediram forças 120 vezes, com 39 vitórias atleticanas, 32 empates e 49 triunfos flamenguistas. Foram 168 gols marcados pelo time do Rio de Janeiro e 176 da equipe de Belo Horizonte.

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.