AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Comerciante cria estratégias para aumentar as vendas de fim de ano

 


Inaugurado há um ano e dois meses, em Varginha, o empório Reino do Queijo está com boas expectativas de vendas para o primeiro fim de ano após a flexibilização da abertura do comércio e do aumento do índice de vacinação da população. Para aproveitar melhor a oportunidade do período, o proprietário Andrey Nasser Dias, - que comercializa produtos tipicamente mineiros, como queijos, goiabadas, cachaças, doces de leite e defumados - decidiu investir em estratégias para garantir o bom atendimento e atrair novos clientes. 

Uma delas é a contratação de dois novos funcionários para reforçar a equipe. Outra novidade foi a oferta de novos produtos como as tábuas de frios, que são muito demandas para a ceia de Natal e que acabam sendo uma opção de presente e também um ótimo tira gosto nos dias de confraternização.

Além disso, a loja vai realizar o sorteio de uma cesta especial com queijos, doces e cafés para os clientes. “Desde que iniciamos essas ações, no início de dezembro, registramos um aumento de 20% nas vendas. E a expectativa é dobrar o faturamento nesta semana que antecede o Natal”, explica o empreendedor.

A Reino do Queijo, criada em plena pandemia, recebeu apoio do Sebrae Minas, desde a elaboração do plano de negócio até a participação em programas como Empretec e Ali Brasil Mais. “Só abri o meu negócio porque o Sebrae me deu todo o suporte que precisava. 

Fiz cursos on-line e acompanho as novidades da instituição, diariamente. No Empretec, por exemplo, aprendi coisas novas, criei uma rede de contatos, descobri o que eu precisava corrigir e, depois disso, tudo ficou mais fácil”, relata Andrey.

Para o futuro, o comerciante quer expandir os negócios. “Depois que os processos estiverem estabelecidos, quero abrir mais unidades e, quem sabe, até criar uma franquia”, destaca.

A analista do Sebrae Minas Amanda Cezário explica que a instituição disponibiliza soluções inovadoras para a criação e o desenvolvimento dos negócios e oferece capacitações e orientações para os interessados que buscam estratégias para potencializar suas vendas.

 “Quando o empreendedor está disposto a participar dos programas oferecidos e colocar os conhecimentos em prática, o resultado aparece”, comenta a analista.


Otimismo

Segundo uma pesquisa realizada pela Fecomércio MG, 69,6% das empresas mineiras esperam um aumento das vendas no final deste ano, em relação a 2020 (29,5%) e 2019 (53,7%).

De acordo com a pesquisa, entre os motivos apontados para o otimismo estão: o valor afetivo da data (44,1%), expectativa/confiança (33,6%), abrandamento da pandemia (12,6%), aquecimento do comércio (10,1%), flexibilização das atividades empresariais (6,9%) e vacinação (6,5%).

Ainda de acordo com o estudo, para atrair os consumidores e efetivar as vendas, 66,4% dos empresários devem investir em promoções e liquidações, 55,5% em propaganda/divulgação e 22,7% em mais variedade no mix de produtos e serviços.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.