AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Daronco revela sentimento ao apitar virada do Galo sobre Fla: 'Vão tomar'



Personagem coadjuvante na histórica virada do Atlético por 4 a 1 sobre o Flamengo na semifinal da Copa do Brasil de 2014, o árbitro Anderson Daronco relatou o que sentiu dos jogadores que estavam em ação naquela noite no Mineirão.

O Galo havia perdido o jogo de ida, no Maracanã, por 2 a 0 e levou um gol logo no início da partida de volta em Belo Horizonte. Dessa forma, precisava fazer quatro gols para avançar à finalíssima - e conseguiu. Segundo Daronco, era possível perceber, do gramado, o abatimento dos flamenguistas.

"O Flamengo tinha ganhado o primeiro jogo de 2 a 0 e saiu ganhando lá (no Mineirão) de 1 a 0. Os caras (Atlético) tinham que fazer quatro - e fizeram! A medida em que começam a sair os gols, tu sente um time aqui (respira estufando o peito) e tu sente o outro aqui assim, ó (inspira murchando o peito)", iniciou, em entrevista ao Flow Podcast.

"Tu vê no corpo deles. Nesse próprio jogo, fatídico para você (o apresentador do programa, que é flamenguista), eu via no corpo dos caras (jogadores do Flamengo) e via assim: 'Vão tomar, vão tomar'. Porque tu vê que os caras estão assim (cabeça baixa). Quando baixa a cabeça, ih...", completou.

A goleada por 4 a 1 garantiu a classificação do Galo. Na final, o time alvinegro venceu o arquirrival Cruzeiro duas vezes e assegurou o primeiro título da Copa do Brasil - o bicampeonato foi conquistado neste ano, diante do Athletico-PR, numa decisão apitada justamente por Daronco.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.