AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Debate sobre experiências em inovação pública encerra o Delta Forum

 


Colaborar, conectar e solucionar os desafios das cidades foram as palavras-chave do evento técnico ‘Experiências em inovação pública’, que encerrou o  Delta Forum – Encontro de Desenvolvimento Econômico para Lideranças e Territórios, realizado  entre os dias 24 e 26/11, na sede do Sebrae Minas, em Belo Horizonte, com transmissão ao vivo no canal da instituição no YouTube.

No último painel do evento, na tarde da sexta-feira (26/11), especialistas em inovação pública apresentaram experiências de sucesso que estão sendo colocadas em prática em cidades como São Paulo (SP), Londrina (PR) e Lisboa, em Portugal.

O encontro, realizado em formato remoto, contou com a mediação do diretor técnico do Sebrae Minas, João Cruz, que ressaltou a importância do Delta Fórum para o desenvolvimento econômico local. “Temos tratado com os municípios mineiros, de forma sistemática, maneiras de melhorar o ambiente de negócios, e temos observado que há cidades em outro patamar, preocupadas com uma agenda de futuro, inovadora e, para isso, o Sebrae Minas tem desenvolvido soluções para facilitar a atuação delas”, disse João Cruz.

Para discutir como a agenda de inovação pode impactar a vida em sociedade, o painel foi aberto com a participação de André Nunes, diretor de operações da Beta-i – consultoria de inovação colaborativa sediada em Portugal, com atuação em todos os continentes –, parceira do Sebrae Minas.

O especialista apresentou alguns dos projetos desenvolvidos em Lisboa, como o ‘Smart Open Lisboa’, criado em 2016. “A Prefeitura de Lisboa e o departamento de turismo concluíram que não poderiam atuar sozinhos em busca de inovação, e tiveram a visão de que as empresas poderiam ser as maiores alavancas. Dessa forma, em conjunto, desenvolvemos soluções que permitiram, em meio à pandemia, digitalizar serviços, conectar empresas, fazer a gestão de frotas, além de ações voltadas para a sustentabilidade e para o turismo”, comentou o diretor da Beta-i.

Henrique Bussacos, co-fundador e diretor da Impact Hub – consultoria presente em mais de 100 cidades, entre elas Belo Horizonte – apresentou o projeto ‘IdeiaGov’, desenvolvido em parceria com o Governo de São Paulo. “Nesse projeto temos três frentes – conectar, inovar e compartilhar – e criamos espaços de inovação dentro dos órgãos do governo estadual para contagiar funcionários com a cultura. Além disso, promovemos encontros e também trabalhamos para identificar desafios e localizar parceiros estratégicos, que possam apresentar soluções rápidas”, apontou Henrique.

Heverson Feliciano, coordenador do Ecossistema de inovação do Sebrae Paraná, falou sobre como foi o desenvolvimento do planejamento do ecossistema da cidade de Londrina, iniciado em 2016, que identificou e nomeou setores produtivos, com a proposta de fortalecer o ambiente de negócios do município. “Como resultado, hoje, a cidade tem cerca de 40 mil estudantes em contato com a cultura empreendedora; identificamos cerca de 400 startups; e Londrina foi escolhida, neste ano, para receber o projeto piloto do Centro de Inovação do Comércio”, afirmou Heverson.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.