AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Departamento de Pesquisa do Unis analisa resultados do PIB Sul Mineiro em 2019

 


No dia 17 de dezembro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os dados sobre o Produto Interno Bruto de todos os municípios brasileiros referentes ao ano de 2019. Cabe destacar que essa divulgação ocorre sempre com dois anos de defasagem em virtude dos levantamentos necessários.

O Departamento de Pesquisa do Grupo Unis e o Grupo de Estudos Econômicos do Sul de Minas Gerais (GEESUL), com o apoio do Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional, realizaram uma análise geral dos resultados da nossa região, que pode ser acessada clicando aqui.

Considerando os 155 municípios que compõem a região de planejamento do Estado denominada Sul de Minas, o resultado total do PIB em 2019 foi de R$ 88,2 bilhões em preços correntes. Aplicando o deflator de 2019, o valor real da produção (excluindo a variação dos preços) é de R$ 84,6 bilhões, representando um crescimento econômico de 7,54% em comparação com o ano anterior. Esse crescimento foi maior que no ano de 2018, quando a evolução do PIB regional foi de 4,32%. Importante destacar que os dados são de 2019 e não representam ainda os impactos advindos da pandemia.

De acordo com o IBGE, os 10 maiores municípios do Sul de Minas por PIB no ano de 2019, foram: Extrema, Pouso Alegre, Poços de Caldas, Varginha, Itajubá, Lavras, Passos, Alfenas, Três Corações e Guaxupé.

O nível de concentração do PIB nas dez maiores economias sul mineiras continuou elevado: em 2018 era de 55,22% e em 2019 foi de 55,29%. Essa concentração vem crescendo nos últimos 3 anos, atingindo o maior patamar desde 2010. Outro indicador a ser considerado nesta análise é o PIB per capita, que representa o total da produção (PIB) dividido pela população estimada do município. Os 10 municípios com maior PIB per capita na região do Sul de Minas em 2019, foram: Extrema, São José da Barra, São Sebastião da Bela Vista, Itapeva, Pouso Alegre, Itamonte, Cambuí, Ijaci, Varginha e Poços de Caldas.

Importante salientar também a taxa de crescimento econômico dos municípios, relacionando os 10 que tiveram o maior nível desse crescimento no ano de 2019 comparado com 2018 (série já deflacionada para ambos os anos): Itapeva, Carrancas, São José da Barra, Minduri, Ribeirão Vermelho, Cambuí, Passa Quatro, Camanducaia, Silvianópolis e Ingaí. O objetivo desta nota técnica é apresentar de forma geral o resultado do PIB dos municípios do Sul de Minas. Estudos mais específicos precisam ser realizados para identificar os motivos dos comportamentos observados. 

Os municípios podem demandar do GEESUL e do Departamento de Pesquisa do Unis análises mais pormenorizadas sobre suas realidades, principalmente no que tange à vocação econômica destes territórios e a dinâmica do PIB desde o ano de 2003.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.