AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Galo mira Copa do Brasil para fechar 2021 com R$ 145 milhões em premiações



O ano de 2021 já está marcado na história do Atlético. Campeão brasileiro, o Galo encerrou um jejum de 50 anos sem a principal conquista nacional. Mas a temporada ainda não acabou: nos dias 12 e 15 de dezembro, o time mineiro enfrenta o Athletico-PR na decisão da Copa do Brasil, em busca de uma inédita Tríplice Coroa. Caso seja campeão, o Alvinegro encerrará a temporada com R$ 145 milhões em premiações.

Semifinalista da Copa Libertadores da América, o Atlético deixou o torneio ao cair diante do Palmeiras, invicto. Por toda a trajetória na competição continental, o Galo garantiu R$ 40,9 milhões em ganhos.
No Campeonato Brasileiro, o valor arrecadado pelo título foi de R$ 33 milhões. O time de Cuca sagrou-se campeão em jogo adiado da 32ª rodada, ao bater o Bahia na última quinta-feira (2) por 3 a 2, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Já na Copa do Brasil, o Atlético garantiu, no mínimo, R$ 38,1 milhões em recompensas. Isso porque recebeu R$ 15,1 milhões pela trajetória até as semifinais e a premiação mínima da final, para o vice-campeão, é de R$ 23 milhões.

Em caso de título, o Galo embolsará R$ 56 milhões, totalizando R$ 71,1 milhões no montante final com o principal torneio mata-mata do país. Somando este valor às quantias arrecadadas com a Libertadores e com o Brasileiro, o clube mineiro poderá encerrar a temporada com R$ 145 milhões pelo desempenho esportivo - além de dois títulos históricos.
 
No próximo domingo (12), às 17h30, Atlético e Athletico-PR medirão forças no Mineirão, em Belo Horizonte, na primeira partida da grande decisão. Já na quarta-feira (15), às 21h30, o encontro será na Arena da Baixada, em Curitiba, valendo definitivamente a taça.

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.