AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Governo cria base de apoio e ministros vão à Bahia em razão das chuvas



O governo federal criou uma força-tarefa e estabeleceu uma base de apoio em Ilhéus, na Bahia, para ajudar a socorrer as populações atingidas pelas fortes chuvas na Bahia e no Norte de Minas Gerais. Para isso, ao menos dois ministros foram para o local: o da Saúde, Marcelo Queiroga, e o da Cidadania, João Roma. O governador da Bahia, Rui Costa (PT), também atua na força-tarefa.

Em razão de chuvas que começaram ainda em novembro, ao menos 19 cidades baianas estão sendo atingidas, enquanto 66 continuam em Estado de emergência. Já são pelo menos 400 mil pessoas afetadas na região. O rompimento de uma barragem ampliou o clima de alerta.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, equipes da Defesa Civil e do Ministério da Sáude decolaram na manhã deste domingo (26) para Ilhéus. Eles se unirão a grupos do Governo do Estado da Bahia e do Ministério da Cidadania. Segundo Marinho, as ações foram definidas em uma reunião entre ele, Queiroga, João Roma e Rui Costa no sábado.

"Ficou acertada a instalação de mais uma base de apoio no estado, em Ilhéus. O governo de Jair Bolsonaro está atuando unido para oferecer todo o apoio necessário. Agentes da PRF e Forças Armadas também integrarão a operação, assim como bombeiros, equipamentos e veículos de outros Estados", explicou.

Já Marcelo Queiroga, que compartilhou a foto do embarque das equipes, destacou que o ministério está enviando medicamentos e insumos, além de equipamentos para equipes de campo, como máscara, botas, coletes e casacos.

Na Bahia, o ministro João Roma visitou neste domingo (26) a cidade de Nazaré das Farinhas para acompanhar o estrago causado pelas inundações. e destacou o trabalho em conjunto com o governo do Estado, do petista Rui Costa.

"Sabemos que existem posições políticas distintas, mas a população pede socorro e quem pede socorro não quer saber de onde vem a ajuda", explicou nas redes sociais.

O governo também decidiu antecipar o pagamento do auxílio-gás para beneficiários de 100 cidades na Bahia e em Minas Gerais em razão dos estragos causados pela chuva.

O Tempo


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.