AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

No Sul/MG, vítima de violência doméstica pede socorro com bilhete pendurado no portão



 Vítima de violência doméstica, mulher pediu socorro através de um bilhete pendurado no portão da casa dela, no bairro Jardim Altamira, em Muzambinho, no Sul de Minas. 

A mulher, de 30 anos, pedia ajuda através do bilhete, por que estaria sendo agredida frequentemente pelo marido e disse que temia por sua vida e a de seus familiares, caso denunciasse as agressões. No bilhete ela também dizia que o homem teria uma arma. 

Segundo informações da PM, o disque-denúncia de Belo Horizonte recebeu a informação de que uma moradora de Muzambinho estaria sendo vítima de violência doméstica. Quando os militares foram averiguar a denúncia, encontraram o bilhete pendurado na fechadura do portão da casa. No local, a mulher confirmou que estava sendo agredida e ameaçada pelo companheiro. 

Ela também confirmou que escreveu o bilhete e que o homem tinha uma arma na casa onde moravam. Os policiais encontraram no telhado da varanda da casa, durante as buscas, uma carabina de fabricação artesanal, calibre 38. O carregador estava alimentado com quatro cartuchos intactos e com uma munição intacta na câmara, sendo um total de nove munições. 

O homem contou aos policiais que teria conseguido ilegalmente o objeto no estado de São Paulo. O homem foi preso em flagrante por posse ilegal de arma. A arma, juntamente com as munições encontradas, foram apreendidas e encaminhadas para a delegacia. A vítima foi encaminhada para o pronto-socorro. De acordo com a PM, os exames confirmaram os hematomas no corpo da mulher. 

Segundo a vítima, as lesões foram ocasionadas pelo suspeito em uma data passada. A mulher será acompanhada pelo serviço assistencial do município.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.