AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Cruzeiro buscará mais reforços? Saiba o que pensa o técnico Paulo Pezzolano



Quando um técnico inicia o trabalho em um clube, é natural que ele indique jogadores de sua confiança à direção, que avaliará a viabilidade econômica da operação. Não será diferente com o uruguaio Paulo Pezzolano, anunciado pelo Cruzeiro na última segunda-feira (3). Em entrevista coletiva, ele comentou a possibilidade de o clube buscar mais reforços nos próximos dias. 

“Estou contente com o elenco que temos. Temos bons jogadores, já incorporamos outros que vão estar chegando. Todos os jogadores que estão chegando ao elenco do Cruzeiro hoje nós participamos (da definição) como corpo técnico”.

“Sempre foi bem conversado com quem está no cargo do clube agora, participamos muito disso. É importante que cheguem jogadores que sirvam ao Cruzeiro, é o mais importante. É um time grande, temos que assumir a responsabilidade, estamos na segunda divisão e temos que subir. Temos um objetivo a alcançar”.
Mas como funcionará o monitoramento de nomes? Segundo Pezzolano, o importante é que o Cruzeiro encontre um atleta dentro das características apontadas pela comissão técnica, sem necessariamente ser um alvo específico.

“Todos os jogadores que estão no elenco nós participamos (da aprovação). Depois, não sou um treinador que quero um jogador e tem que trazer esse jogador. Eu sou um treinador que trabalha muito em equipe, busco o melhor para o time”.

“Se quero um extremo, eu peço um extremo com essa característica e eles têm que buscar dentro das características e eu vejo o que é melhor para nós. Não sou de tirar um nome e pedir. Sempre dentro das características, dentro do que é melhor para o time, que é o mais importante”.

No processo de transição de associação civil para Sociedade Anônima do Futebol, o Cruzeiro oficializou oito jogadores: os zagueiros Maicon (ex-Al-Nassr, da Arábia Saudita), Sidnei (ex-Betis, da Espanha) e Mateus Silva (ex-Ituano); os volantes Filipe Machado (ex-Grêmio) e Pedro Castro (ex-Botafogo); o meia João Paulo (ex-Atlético-GO); e os atacantes Edu (ex-Brusque) e Waguininho (ex-Coritiba).

Decisões polêmicas foram tomadas pelo grupo do ex-jogador Ronaldo, sócio-proprietário do Cruzeiro SAF (90%), como a saída do goleiro Fábio, grande ídolo da torcida e recordista em jogos pelo clube (976). Em busca de reposições, a atual gestão monitora alguns nomes, entre eles Vinícius Silvestre, reserva do Palmeiras.

Artilheiro uruguaio no Cruzeiro?


Nos últimos dias, jornalistas uruguaios informaram que Pezzolano indicou ao Cruzeiro o centroavante Juan Ignacio Ramírez, emprestado pelo Liverpool-URU ao Saint-Étienne, da França. O jogador de 24 anos disputou apenas seis partidas pelo lanterna da Ligue 1 (cinco como reserva). Em 122 minutos em campo, não balançou a rede.

Ramírez foi treinado por Pezzolano no Liverpool, pelo qual alcançou a artilharia do Campeonato Uruguaio de 2019, com 24 gols em 34 jogos. Ele é o melhor marcador da história do clube: 82 gols em 165 partidas. Também se destacou ao anotar 130 tentos nas categorias de base.
A eventual contratação de Ignacio Ramírez - alvo do Nacional do Uruguai - aumentaria ainda mais a concorrência no ataque do Cruzeiro. As opções de momento são Marcelo Moreno e Thiago, remanescentes da temporada passada; Vinícius Popó, que defendeu o sub-20 do Goiás por empréstimo em 2021; e o recém-chegado Edu, artilheiro da última edição da Série B pelo Brusque, com 17 gols em 33 jogos.
Curiosamente, Ramírez foi seguidor do Cruzeiro no Instagram por alguns dias. Os torcedores perceberam a interação e postaram vários comentários em fotos do jogador pedindo o acerto com a Raposa. Posteriormente, Ignacio deu “unfollow” no Cruzeiro, mas continuou a acompanhar os perfis de Paulo Pezzolano e de Ronaldo.

Choque de gestão


O primeiro ano da administração de Ronaldo no Cruzeiro será marcado pelo “choque de gestão”. A intenção da diretoria é reduzir a folha salarial em mais de 60%, de modo que seja evitado o aumento de dívidas do clube. Mesmo com a política de corte de gastos, há otimismo em conquistar o acesso à Primeira Divisão, principal objetivo em 2022.

Ronaldo tem acordo para comprar 90% das ações do Cruzeiro por um aporte de R$ 400 milhões nos próximos anos. O clube-empresa deverá gerar receitas para que a dívida da associação civil, calculada atualmente em R$ 1 bilhão, seja quitada em 10 anos. A lei da SAF determina a destinação de 20% do faturamento mensal ao abatimento dos débitos.

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.