AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Família vítima de queda de paredão em Capitólio é enterrada após velório conjunto em Serrania



 Quatro vítimas da queda do paredão em Capitólio (MG) foram enterradas no fim da tarde da última segunda-feira (10). Os corpos de Marlene Augusta Teixeira da Silva, Sebastião Teixeira da Silva, Geovany Teixeira da Silva e Geovany Gabriel Oliveira da Silva foram sepultados em Serrania (MG). Todos eles eram da mesma família. Marlene Augusta Teixeira da Silva e Sebastião Teixeira da Silva são pais de Geovany Teixeira da Silva e avós de Geovany Gabriel Oliveira da Silva. Antes de serem enterrados, eles foram velados de maneira conjunta no ginásio poliesportivo da cidade.

Sebastião Teixeira da Silva, de 64 anos, era conhecido em Serrania. Ele serviu à Polícia Militar por cerca de 30 anos. Ao lado do caixão dele, foi colocado o da esposa, Marlene Augusta, que tinha 57 anos.

Em sequência, foram colocados os caixões do filho Geovany, de 37 anos, e o neto Geovany Gabriel, de 14. O corpo do adolescente foi coberto pela bandeira do centro de atendimento à criança Artur Henrique Sarto Garcia, que frequentava desde os cinco anos de idade.



Vítimas da tragédia

A última vítima do acidente de Capitólio foi identificada no início da tarde da segunda-feira (10). Ao todo, dez pessoas morreram após o desabamento de rochas no cânions. A décima pessoa a ser identificada é Carmem Pinheiro da Silva, de 43 anos, natural de Cajamar (SP).

Na manhã desta segunda, outras quatro pessoas também foram identificadas: Geovany Teixeira da Silva, de 37 anos; Geovany Gabriel Oliveira da Silva, 14 anos, Thiago Teixeira da Silva Nascimento, 35 anos e o piloto da lancha Rodrigo Alves dos Anjos, 40 anos.

Geovany Teixeira e Geovany Gabriel eram pai e filho. Thiago era primo de Geovany Teixeira. Todas as vítimas do acidente estavam na mesma lancha que tinha o nome de "Jesus", segundo o delegado regional da Polícia Civil, Marcos Pimenta.

Eles estavam hospedados em um rancho em São José da Barra (MG) e eram familiares e amigos. O dono da pousada era proprietário da lancha e também parente das vítimas. O piloto era funcionário dele, de acordo com informações da polícia.



Feridos

Segundo o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, 32 pessoas foram atendidas por causa do acidente, a maioria com ferimentos leves.

Dessas, 27 foram atendidas e liberadas: 23 delas da Santa Casa de Capitólio e outras 4 da Santa Casa de São José da Barra, a 46 km de Capitólio.

2 pessoas com fraturas expostas foram para a Santa Casa de Piumhi, a cerca de 23 km de Capitólio;

Um paciente internado na Santa Casa de Passos, a 74 km de Capitólio, é um jovem de 26 anos e morador de Pimenta (MG). Ele deve ser operado nesta segunda-feira (10) e em seguida deve ter alta; a terceira pessoa que estava internada em Passos foi para um hospital particular e está estável.


Fonte: G1 Sul de Minas


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.