AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Quadrilha do Pix é presa após sequestros relâmpagos em cidades do Sul de Minas



Duas mulheres de 21 e 27 anos foram presas na manhã desta quarta-feira (12) por envolvimento em sequestros relâmpagos e extorsões, praticados contra vítimas em cidades do Sul de Minas. Dois outros participantes já foram identificados. Os crimes ocorreram em Piranguinho e Santa Rita do Sapucaí, cidade onde as duas foram localizadas.

A ação policial, denominada Operação Pix, reuniu equipes da Delegacia de Santa Rita do Sapucaí e das regionais de Itajubá e Pouso Alegre. As investigações partiram de crimes ocorridos em 28 de dezembro e 3 de janeiro. Em ambos os casos as vítimas foram sequestradas e obrigadas a realizar transações bancárias.

Além das prisões, os policiais civis realizaram buscas e diligências que levaram a identificar outros suspeitos e a comprovar a participação de um homem de 24 anos que havia sido preso pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) em Santa Rita do Sapucaí, e continua à disposição da Justiça no Sistema Penitenciário. As duas mulheres foram encaminhadas ao presídio em Santa Rita do Sapucaí, onde permanecem em prisão temporária para a conclusão do inquérito policial.

 

OS CRIMES

Em 28 de dezembro de 2021, sentido Itajubá, uma mulher de 33 anos estava parada no trânsito na altura da cidade de Piranguinho, quando dois homens e duas mulheres abordaram o veículo, ameaçando-a com arma de fogo. Em seguida os suspeitos entraram no carro e assumiram a direção, fazendo retorno no sentido do município de Santa Rita do Sapucaí. Durante a viagem, fizeram movimentação bancária no valor de R$ 1.400 na modalidade Pix do aplicativo do celular da vítima, além de levarem dois mil reais em dinheiro, o veículo e dois celulares, e posteriormente uma nova transferência de mil reais. A vítima foi deixada em uma estrada vicinal e caminhou até a rodovia quando conseguiu uma carona.

No dia 3 de janeiro, um aposentado de 65anos deu carona a duas mulheres, no caminho de Poços a Piranguinho. Quando elas desembarcaram dois suspeitos abordaram o veículo, ameaçando o condutor com arma de fogo. Entraram no automóvel e circularam com a vítima pela cidade, enquanto o extorquiam através de movimentações bancárias na modalidade Pix e transferências, totalizando quase R$ 15 mil.

O aposentado foi mantido refém até o dia seguinte, enquanto novos saques foram realizados em caixa eletrônico. Os suspeitos deixaram a vítima na zona rural da cidade de Santa Rita do Sapucaí, amarrado no interior do carro. Após algum tempo, ele conseguiu se soltar e foi até à polícia.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.