AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Coluna de Minas Gerais - 23/02/2022

 


Danos na pista complicam o tráfego

Quem for pegar a estrada no fim de semana que se aproxima, antevéspera do Carnaval 2022, deve preparar um estoque extra de paciência, principalmente para percorrer trechos entre a capital mineira e o Leste de Minas Gerais, ou entre Belo Horizonte e o litoral capixaba. Na noite anterior, motoristas relataram que o tempo para percorrer o trecho entre o trevo de Itabira e Belo Horizonte tem demorado entre 4 e 6 horas. O motivo é o estreitamento no Km 404 da BR-381, provocado pelo deslizamento de uma encosta. Outra retenção permanece, pela segunda semana consecutiva, no Km 541, na entrada de Sabará. (Diário do Aço – Itabira)

 

Poços não terá ponto facultativo

Em virtude da situação da pandemia de covid-19 e do número de casos da doença em toda a região, a prefeitura terá expediente normal durante o carnaval. As repartições irão trabalhar dias 28 de fevereiro, 1º e 2 de março, respectivamente, segunda e terça-feira de Carnaval e quarta-feira de Cinzas. A medida foi tomada para evitar aglomerações e consequentemente a disseminação do vírus. Segue a orientação sobre o uso de máscaras e de álcool gel para higienização das mãos. Está proibida a realização de festas de natureza pública ou privada durante o período. (Jornal Mantiqueira – Poços de Caldas)

 

Indústria mineira de alimentos cresce

A produção da indústria de alimentos em Minas Gerais cresceu 5,6% em 2021, na comparação com 2020, crescimento superior ao observado no Brasil (1,8%) na mesma base de comparação, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram criados 7.880 novos postos de trabalho, ou cerca de 4% a mais do que os atuais 183 mil empregos do setor no Estado. As informações são da Câmara da Indústria de Alimentos da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), que reúne 26 sindicatos nos setores de pão, carne, leite, massas e bebidas, entre outros. (Diário do Comércio – Belo Horizonte)

 

200 pessoas em situação de rua

Com a pandemia e diversas outras questões sociais que afetaram a população nos últimos anos, o aumento de pessoas morando nas ruas de Divinópolis é visível. Entre as vias da cidade, é evidente que a situação na rua São Paulo, no Centro, chegou a um nível alarmante, com diversas pessoas morando no local. Segundo a Prefeitura de Divinópolis, por meio da assessoria de comunicação, no ano de 2020 foram identificadas 200 pessoas em condição de rua. Atualmente, de acordo com dados da Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (Cebas) 2.0,  do Ministério da Cidadania, 245 pessoas que estão inscritas no Cadúnico em Divinópolis se declararam em situação de rua. (Jornal Agora – Divinópolis)

 

Muriaé dá cesta para 190 famílias

Mais 190 famílias serão incluídas no programa Cesta Cheia da Prefeitura de Muriaé que já tem outras 1.400 cadastradas. Com as novas inserções, Muriaé passará a ter uma média de 8 mil pessoas beneficiadas com alimentos frescos, saudáveis e sem agrotóxicos, provindos da Agricultura Familiar. O projeto retorna em 8 de março. As cestas entregues pelo programa têm oito quilos de legumes, duas verduras e um litro de leite. Os alimentos são distribuídos todas as terças e quintas-feiras, a cada 15 dias, pelo valor simbólico de R$5. (Gazeta de Muriaé)

 

Novos voos diretos em Uberlândia

A companhia Azul começou a vender as passagens dos novos voos sem escalas de Uberlândia para Goiânia. Também já estão disponíveis para compra os bilhetes das partidas e chegadas da Gol da maior cidade do Triângulo Mineiro para Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Os voos da Azul começam no dia 4 de abril e a Gol estreia sua nova rota a partir de Uberlândia em 28 de março. Atualmente a cidade tem opções de viagens sem paradas para São Paulo (Guarulhos), Belo Horizonte (Confins), Campinas (SP) e Brasília. (Diário de Uberlândia)

 

Cemig beneficia escolas em Varginha

Os alunos da rede estadual de ensino voltaram às aulas presenciais neste mês, e grande parte deles encontraram um ambiente mais iluminado e confortável para aprender. O projeto Cemig nas Escolas, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da companhia, fez a troca da iluminação ineficiente por lâmpadas especiais de LED, mais econômicas e confortáveis. Em Varginha o trabalho já foi concluído na E.E. Gabriel Penha de Paiva, na E.E. Brasil e na E.E. Professor Fábio Sales. (Gazeta de Varginha)


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.