AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Com 2 de Hulk e estreia com gol de Godín, Atlético vence e retoma liderança



Sem grandes dificuldades, o Atlético se impôs sobre o Patrocinense neste domingo, venceu por 3 a 0 num Mineirão com público pequeno e retomou a liderança do Campeonato Mineiro. Hulk marcou duas vezes e o estreante Diego Godín fechou a conta, em jogo válido pela quarta rodada da competição.

Com a vitória, o Atlético ultrapassa o rival Cruzeiro e reassume a ponta, com dez pontos ganhos. Com quatro, o Patrocinense ocupa momentaneamente a oitava posição, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Villa Nova neste domingo.

As equipes voltam a campo pela quinta rodada do Estadual na quarta-feira. Às 21h30, a bola rola para o duelo entre Atlético e URT, no Zama Maciel, em Patos de Minas. Mais cedo, às 20h30, o Patrocinense recebe a Caldense no Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio.

Hulk, sempre ele


De maneira surpreendente, o Patrocinense encarou o Atlético de igual para igual nos primeiros minutos. Com marcação alta e volume ofensivo, as duas equipes criaram boas oportunidades, mas pararam nos goleiros Everson e Jaccson.

Aos 22 minutos, porém, o jogador mais perigoso do time visitante precisou ser substituído. O centroavante Reis, que exigira duas boas intervenções de Everson, sentiu um problema físico e saiu para a entrada de Luiz Thiago.

A partir daí, o Atlético foi totalmente soberano. Em alguns momentos, teve dificuldades de transformar a posse (59%) em volume ofensivo. Mas, no final das contas, ocupou o campo adversário e criou as melhores oportunidades.

O placar poderia ter sido aberto mais cedo pelo Atlético, já que o árbitro Vinícius Gomes do Amaral errou ao não assinalar um pênalti num lance em que o lateral-direito Júlio César desviou a bola com o braço. Mas coube a Hulk - sempre ele - resolver as coisas para os donos da casa.

A poucos segundos do apito que encerraria o primeiro tempo, já beirando os 49 minutos, o camisa 7 apareceu livre na área após cobrança de escanteio. De cabeça, encontrou o ângulo adversário e fez 1 a 0.

Estreia com gol


Em vantagem, o técnico Antonio Mohamed deu prosseguimento ao planejamento deste início de temporada. No intervalo, colocou o atacante Ademir e promoveu a estreia do zagueiro uruguaio Diego Godín. Zaracho e Réver saíram.
O Atlético se manteve com a bola na maior parte do tempo e, mesmo sem forçar tanto, seguiu muito presente no campo ofensivo. E o segundo gol saiu naturalmente. Nacho recebeu lançamento nas costas da zaga e cruzou para Hulk cabecear para as redes: 2 a 0.

Amplamente dominado, o Patrocinense apareceu raras vezes no ataque. Numa delas, Everson "bateu roupa". No rebote, o atacante desperdiçou embaixo das traves.

Na parte final do jogo, ainda deu tempo para Godín brilhar. O capitão da Seleção Uruguaia aproveitou cruzamento de Mariano e, mais uma vez de cabeça, marcou o terceiro e fechou a conta.

ATLÉTICO 3 X 0 PATROCINENSE


Atlético
Everson; Mariano, Nathan Silva, Réver (Godín, no intervalo) e Guilherme Arana; Allan (Fábio Gomes, aos 17' do 2ºT), Jair, Matías Zaracho (Ademir, no intervalo) e Nacho Fernández; Savarino (Dylan, aos 25' do 2ºT) e Hulk (Eduardo Sasha, aos 41' do 2ºT)
Técnico: Antonio Mohamed

Patrocinense
Jaccson; Júlio César, Alisson Brand (Jefferson, aos 14' do 2ºT), João Gabriel (Matheus Santos, aos 31' do 2ºT) e Samuel Toscas; Michel Elói, Zé Augusto e Magno (Léo Costa, aos 15' do 2ºT); Wellington, Caio Ribeiro (Aslen, no intervalo) e Reis (Luiz Thiago, aos 22' do ºT)
Técnico: Gustavo Brancão

Motivo: quarta rodada do Campeonato Mineiro
Local: Mineirão
Data e horário: domingo, 6 de fevereiro de 2022, às 11h (de Brasília)

Gols: Hulk, aos 48' do 1ºT, e aos 15' do 2ºT, Diego Godín, aos 34' do 2ºT (ATL)
Cartões amarelos: Júlio César, aos 17', e Léo Costa, aos 29' do 2ºT (PAT)

Árbitro: Vinícius Gomes do Amaral (CBF)
Assistentes: Pablo Almeida da Costa (CBF) e Samuel Henrique Soares Silva (CBF)

Super Esportes


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.