AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Com vitória, América amplia invencibilidade sobre o Cruzeiro no Mineiro



Com a vitória por 2 a 0 nesta quarta-feira (2), no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, o América ampliou a invencibilidade que ostenta sobre o Cruzeiro no Campeonato Mineiro. Os gols de Patric e Alê, em clássico repleto de polêmicas pela 3ª rodada, ajudaram a aumentar uma marca que já dura quase três anos.

O Cruzeiro derrotou o América pela última vez no Estadual em abril de 2019. Pela partida de volta da semifinal, a equipe celeste venceu a alviverde por 3 a 0, com gols de Léo, Fred e Rafinha - totalizando 6 a 2 no placar agregado do confronto.

Fora do Mineiro, a última vez que a Raposa derrotou o Coelho ocorreu em partida válida pela Série B do Campeonato Brasileiro de 2020. Com gols de Rafael Sobis e Manoel, o Cruzeiro saiu vitorioso do Independência por 2 a 1. Anderson descontou para o América.

Neste período, no entanto, o Alviverde somou quatro vitórias e um empate contra a Raposa no Estadual. O primeiro jogo da sequência ocorreu pelo Mineiro de 2020, quando as equipes empataram em 1 a 1 pela primeira fase. O atacante Ademir, atualmente no Atlético, abriu o placar para o América, e Maurício, hoje meia do Internacional, fez para o Cruzeiro.
Já em 2021, os clubes se enfrentaram tanto na fase inicial como na final do Estadual. Pela 5ª rodada, o Coelho venceu a Raposa por 1 a 0, no Independência. O gol que deu a vitória para a equipe alviverde foi marcado por Joseph - zagueiro que seria contratado pelo time celeste posteriormente.

Com o América classificado em 2º lugar e o Cruzeiro em 3º, os clubes se enfrentaram na semifinal do Mineiro. Na partida de ida, no Mineirão, o Coelho saiu vitorioso por 2 a 1 com gols de Ademir e Alê. Rafael Sobis marcou para a Raposa.
 
Já no confronto de volta, o América garantiu vaga na final do campeonato ao vencer o clássico por 3 a 1, no Independência. Rodolfo, duas vezes, e Ramon marcaram para os donos da casa. Matheus Barbosa diminuiu para a equipe celeste. No placar agregado, o time alviverde venceu por 5 a 2.

Os resultados são sintomáticos de uma nova realidade no futebol mineiro. Enquanto o Cruzeiro luta pela reconstrução e o retorno à elite do Brasil, o América se consolida na Série A e disputará, pela primeira vez na história, a Copa Libertadores. Os placares recentes nos clássicos entre os times têm sido prova da crescente força do Coelho, que se impõe cada vez mais nos duelos diante da Raposa.

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.