AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Cruzeiro: atacante Edu começa 2022 em alta e vira xodó da torcida celeste



Se há um jogador que virou xodó da torcida do Cruzeiro neste início de 2022 é Edu, autor do segundo gol da vitória de virada sobre a Caldense, por 2 a 1, no último sábado, pela 4ª rodada do Campeonato Mineiro. Aos 51 minutos da etapa final da partida no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas, o camisa 99 ajeitou a bola na coxa após cabeceio de Maicon e encheu o pé para garantir os três pontos à equipe celeste.

O gol em cima da Caldense foi o segundo de Edu em quatro jogos pelo Cruzeiro. Ele também marcou no triunfo por 3 a 0 sobre a URT, dia 26 de janeiro, no Independência, ao se atirar em direção à bola tocada à meia-altura pelo armador João Paulo. Os mais de 7 mil torcedores que compareceram ao estádio na ocasião cantaram bastante o nome do centroavante no duelo de estreia na temporada.

Edu ainda balançou a rede no clássico contra o América, em 2 de fevereiro, no Mineirão, pela 3ª rodada do estadual. Ele recebeu assistência de Machado e chutou rasteiro na saída do goleiro Jori aos 16 minutos do primeiro tempo. De maneira equivocada, o assistente de arbitragem número dois, Marcyano da Silva Vicente, assinalou impedimento. Iago Maidana, zagueiro do Coelho, dava condições ao atacante cruzeirense.

O gol mal anulado de Edu prejudicou o Cruzeiro, que, dois minutos depois, perdeu o atacante Waguininho, expulso pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro após tentar agredir com socos o lateral-direito Patric em uma disputa por espaço no lado esquerdo. O América se aproveitou por ter um jogador a mais e dominou as ações. Os gols da vitória por 2 a 0 saíram ainda na etapa inicial: Patric, de falta, aos 24 minutos, e Alê, de cabeça, aos 32.

Edu só não deixou o dele na vitória por 1 a 0 diante do Athletic, em São João del-Rei, pela 2ª rodada. Mesmo assim, mostrou-se participativo ao se movimentar para tocar a bola e pressionar os zagueiros adversários. Nas redes sociais, torcedores cruzeirenses têm elogiado bastante as atuações do centroavante e veem nele a esperança de uma temporada de bolas na rede. Diferentemente de 2020 e 2021, em que os artilheiros do elenco não conseguiram sequer atingir dez gols.

O histórico de Edu é positivo. Em 2021, ele foi artilheiro da Série B pelo Brusque, com 17 gols em 33 partidas. Na trajetória profissional, acumulou 110 gols em 204 jogos (média de 0,53). O atacante de 28 anos passou por São Gonçalo-RJ, Boavista-RJ, Portuguesa-RJ, Itaboraí-RJ, Nova Iguaçu-RJ e Atlético Tubarão-SC. No Cruzeiro, assinou contrato até dezembro de 2024 e tem a chance de se tornar ídolo de um grande clube no Brasil.
Edu deverá ser titular no confronto com o Democrata de Governador Valadares, nesta quarta-feira, às 19h30, no Mineirão, pela 5ª rodada do Mineiro. O técnico Paulo Pezzolano usa o estadual para observar o elenco visando à disputa da Série B do Brasileiro, de 9 de abril a 5 de novembro. O principal objetivo do Cruzeiro é conquistar o acesso à elite nacional, da qual o time foi rebaixado em 2019, na 17ª colocação, com 36 pontos.

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.