AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Cruzeiro atropela o Sergipe e avança à segunda fase da Copa do Brasil



O Cruzeiro cumpriu sua missão e garantiu classificação à segunda fase da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (23), a Raposa goleou o Sergipe por 5 a 0, na Arena Batistão, em Aracaju, e assegurou a vaga, que renderá R$1,5 milhão de premiação aos mineiros. Os gols foram marcados por Edu, João Paulo, Thiago e Vitor Roque (2), todos no segundo tempo. 

Na próxima fase, o adversário celeste será o Tuntum, do Maranhão, que derrotou nesta tarde o Volta Redonda, do Rio de Janeiro, por 4 a 2. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não marcou data para realização do duelo - os dias reservados no calendário são 9, 10, 16 e 17 de março.

Confiante após a goleada, o Cruzeiro agora volta suas atenções para o Campeonato Mineiro. Depois de um período de descanso, o próximo compromisso pelo Estadual será nada menos do que o clássico diante do Atlético. O duelo está marcado para 6 de março (domingo), às 18h, no Mineirão, com mando do rival.

O jogo


Mesmo diante de um sistema defensivo bem montado pelo Sergipe, o Cruzeiro conseguiu criar chances para abrir o placar nos 45 minutos iniciais. Faltou aos mineiros, no entanto, melhor acabamento das jogadas e precisão nas finalizações. Aos 8', João Paulo recebeu livre na esquerda, após jogada em profundidade de Rômulo pela direita, mas desperdiçou a chance.
Enquanto buscava balançar a rede, o Cruzeiro cedeu espaços ao adversário, bem organizado pelo técnico português Daniel Neri. Aos 27', Kaio Wilker fintou Oliveira dentro da área e assustou Rafael Cabral, que tocou na bola, evitou o gol, mas não conseguiu agarrá-la. A resposta celeste veio aos 34', novamente com João Paulo. O camisa 28 voltou a ter a sobra, mas facilitou o trabalho de João Gabriel em mais uma finalização displicente.

Mudança e gols


Em busca de ainda mais volume, o técnico Paulo Pezzolano trocou Waguininho por Vitor Roque no intervalo. A mudança surtiu efeito. Aos 6', o jovem atacante iniciou jogada pelo lado direito. A bola acabou na esquerda, nos pés de Giovanni, que serviu Edu dentro da área. De cabeça, o camisa 99, como de costume, não desperdiçou. 1 a 0.

Precisando de dois gols para seguir na competição, o Sergipe intensificou suas ações ofensivas. Aos 11', Doda recebeu cruzamento na área e cabeceou a bola na trave. Também pelo alto, aos 19', o Gipão chegou a balançar a rede, com Silvio, mas o auxiliar marcou posição de impedimento e anulou o gol.
Nos espaços deixados pelos donos da casa, o Cruzeiro cresceu e ampliou o placar. Em jogada de muita habilidade, aos 23', João Paulo observou o goleiro adiantado e, da intermediária, encobriu João Gabriel em excelente finalização. 2 a 0. Quatro minutos depois, o placar ficou ainda mais dilatado. Matheus Bidu recuperou a posse no campo de ataque e serviu Thiago, que entrou na área sem marcação e tocou por cima, na saída do goleiro. 3 a 0.

Ainda havia espaço para mais gols - novamente de um cria da Toca. Aos 38', o jovem Vitor Roque, de apenas 16 anos, que entrou muito bem na segunda etapa, recebeu passe de Thiago, dentro da área, e emendou para o fundo da rede do gol defendido por João Gabriel. 4 a 0. O segundo da promessa celeste, que deu números finais ao jogo, foi aos 41', de cabeça, após cruzamento na medida de Rafael Santos. 5 a 0

SERGIPE 0X5 CRUZEIRO


Sergipe
João Gabriel; Márcio Lima (Silvio), Lazarini, Wendel Lomar e Gilmar; Mateus Silva (Ageu), Aragão, Kaio Wilker e Doda (Fabiano); Matheus de Paula (Adailson) e Hiago (Kaio Felipe). Técnico: Daniel Neri

Cruzeiro
Rafael Cabral; Rômulo, Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira, Filipe Machado (Pedro Castro) e João Paulo (Fernando Canesin); Giovanni (Matheus Bidu), Waguininho (Vitor Roque) e Edu (Thiago). Técnico: Paulo Pezzolano

Gols: Edu (aos 6'2ºT), João Paulo (aos 23'2ºT), Thiago (aos 27'2ºT) e Vitor Roque (aos 38'2ºT e 41'2ºT)
Cartões amarelos: Mateus Silva e Silvio (Sergipe) 

Motivo: jogo único da primeira fase da Copa do Brasil
Local: estádio Batistão, em Aracaju-SE
Data e horário: 23 de fevereiro de 2022 (quarta-feira), às 21h30
Árbitro: Douglas Schwengber da Silva (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.