AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

ACG investe R$ 100 milhões na expansão de 40% da fábrica no Sul deMinas



A ACG anuncia a expansão da única sede brasileira para fabricação de cápsulas e filmes para medicamentos, localizada em Pouso Alegre. O grupo vai investir cerca de 100 milhões de reais para expandir em 40% a capacidade produtiva da atual sede, no bairro Limeira, até o final de 2022. Primeira fase de projeto vai gerar empregos com as obras neste primeiro semestre e até outubro iniciar processo para contratar profissionais para produção e demais cargos. O diretor da empresa, Fernando Teixeira acrescenta que segunda fase do projeto vai ampliar a atual sede.

 

Geração de empregos desde a nova obra até a produção de cápsulas

“A expansão vai gerar uma faixa de 100 empregos diretos e de quatro a seis posições indiretas. Aqui na região de Pouso Alegre com essa expansão vamos gerar cerca de 500 novos empregos, isso para quando a fábrica estiver funcionando. Antes disso, no período de construção e implementação a gente pensa que em torno de 350 trabalhadores vão trabalhar com a gente aqui nesse projeto de expansão.” Para se candidatar às vagas que serão abertas é preciso enviar o currículo para rh.brasil@acg-world.com.

 

Sucesso da sede brasileira da farmacêutica

A ACG é uma empresa de origem indiana que iniciou as operações em Pouso Alegre em 2011, com um Centro de Distribuição. Em 2019 ela fabricou em Pouso Alegre a primeira cápsula feita no Brasil, ao inaugurar a unidade. Essa fábrica é a única da empresa no país e deve ter o tamanho duplicado em até cinco anos. Para a presidência da empresa na Índia a sede de Pouso Alegre tem avaliação positiva, conta Fernando. “O investimento na expansão gira em torno de R$ 100 mi e o investimento na sede brasileira em Pouso Alegre vem sendo cada vez mais atrativo.”

O diretor acrescenta que um impulsionador de vendas do produto foi “a pandemia, quando a demanda aumentou bastante”. A crescente produção teve como principais clientes empresas do Brasil e Estados Unidos. ”Nós temos a fábrica mais moderna do mundo de produção de cápsulas, que na pandemia foi de fundamental importância para o atendimento do mercado farmacêutico.”

Desde a abertura da sede brasileira a avaliação do mercado e empresa a cada ano se supera, acrescenta. “O plano para os próximos cinco anos, além do aumento da capacidade, é que a gente duplique a nossa capacidade em Pouso Alegre.” No local são fabricadas cápsulas e importadas máquinas que são comercializadas para o segmento farmacêutico do Brasil, América Latina, África e Estados Unidos.

Localizada em uma área de 64 mil metros a ACG tem 14 mil metros quadrados de área construída. Ela começou a operar com uma linha de produção em 2019 e o protocolo com o município permitia a criação de até 10 linhas. Em apenas três anos, todas entraram em funcionamento. O diretor já protocolou na prefeitura o pedido para ampliar a empresa. 

Entre os primeiros colaboradores da ACG no Brasil está a gerente de qualidade, Helga Venâncio que se emociona ao ver o novo projeto. “Eu cheguei na ACG em maio de 2017, quando era um Centro de Distribuição que atendia o mercado brasileiro e América Latina. Eu tive a oportunidade de participar desde o momento da segunda coluna instalada nesse terreno. Em toda a parte de qualificação desde a seleção de equipamentos, pessoas, treinamentos eu estive envolvida. Então é um sentimento único hoje presenciar a expansão da empresa num intervalo tão curto.”




 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.