AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

América vai continuar dando chances para atletas da base no Troféu Inconfidência

 

Jovens da base do Coelho durante o jogo contra o Tombense pela 11ª rodada do Mineiro / Foto: Mourão Panda / América


Nesta quarta-feira (23) o América volta a enfrentar o Tombense pelo Campeonato Mineiro, mas dessa vez pela semifinal do Troféu Inconfidência. A partida está marcada para às 20h, em Muriaé. O Coelho tem a vantagem de jogar por dois empates, uma vez que terminou a fase classificatória na quinta posição, enquanto o Tombense ficou em oitavo. Como o auxiliar técnico Edison Borges confirmou em entrevista após a vitória por 1 a 0 diante do Gavião-Carcará, no sábado (19), Marquinhos Santos vai continuar aproveitando a base no Estadual durante o tempo que prepara os titulares para a Copa Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil.

Edison Borges, que ficou à beira do gramado no lugar de Marquinhos, comemorou o fato do clube poder contar com tantos atletas vindos da base. Isso destaca o trabalho bem feito que o América realiza com esses atletas. “tivemos 19 atletas oriundos da base e vimos a ansiedade deles para que o jogo começasse logo. Para muitos foi a primeira vez que ficaram no banco de reservas. Isso é importante porque demonstra a qualidade do trabalho do América”, destacou Edison.

Gustavinho, autor do gol da vitória contra o Tombense, chegou a mencionar que estava trabalhando para conseguir marcar pela primeira vez no time principal. “Este gol significa muito. Momento especial. Todo jogador sonha com isso. Vinha trabalhando, mas não saiu. Mas tudo tem a hora certa e hoje fui feliz em fazer o gol”, revelou o meia que nesta temporada já atuou em seis partidas.

Como não havia a possibilidade de terminar o Estadual entre os quatro primeiros e avançar às semifinais, o treinador americano decidiu dar oportunidade para a garotada, que inclusive vai continuar atuando no Troféu Inconfidência. Para se ter uma noção da quantidade de atletas da base que estão sendo aproveitados, apenas o goleiro Airton não tem o ‘DNA formador’ do América. Desses 19 relacionados para o duelo com o Tombense, os meias Matheusinho, que retornou ao clube nesta temporada, Gustavinho e Rodriguinho; o volante Zé Ricardo e o zagueiro Gustavo Marques são os que mais têm recebido oportunidades.

Como o América tem um calendário cheio este ano, será uma excelente oportunidade para esses jogadores terem mais oportunidades em outras competições. “Sabemos das dificuldades dos campeonatos e temos que contar com todo mundo. São competições difíceis que vem pela frente, Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores e Copa do Brasil e, às vezes, esses atletas terão mais oportunidades”, revelou o auxiliar técnico Edison Borges.

Fonte: O Tempo




 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.