AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

América visita o Barcelona-EQU por vaga na fase de grupos da Libertadores


foto: Mourão Panda/América


Tudo ou nada: eliminado precocemente do Campeonato Mineiro, o América aposta todas as fichas na terceira fase da Copa Libertadores, em busca de uma vaga inédita na fase de grupos. Nesta terça-feira (15), às 21h30, o Coelho visitará o Barcelona no Estádio Banco Pichincha, em Guayaquil, e precisa de uma vitória para avançar no principal torneio do continente.

No jogo de ida, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, houve equilíbrio no empate em 0 a 0. Por mais que o América tenha passado mais tempo com a bola e criado mais oportunidades de gol, o Barcelona foi eficiente na proposta de se defender e sofreu pouco com as investidas do Coelho.

A situação poderia ser pior para os comandados de Marquinhos Santos caso o pênalti cobrado por Carlos Garcés, aos 47 minutos do segundo tempo, tivesse entrado. Ao chutar para fora no Horto, o experiente atacante de 32 anos foi às lágrimas ao fim da partida.

Em caso de nova igualdade no Equador, a decisão será nas penalidades máximas. Para avançar e seguir fazendo história na Copa Libertadores, o América precisa de uma vitória simples, por um gol de diferença.
 
 

Momento do rival


O Barcelona está invicto na temporada. Líder do Campeonato Equatoriano, o 'Ídolo' tem quatro vitórias em quatro jogos, fez sete gols e sofreu apenas um. O artilheiro é o meia Gabriel Cortez, com seis gols. 
A equipe iniciou a trajetória nesta edição da Libertadores na primeira fase, depois de se classificar com a segunda melhor pontuação do Equador em 2021. Avançou nos pênaltis, após empates por 0 a 0 e 1 a 1 com o Torque, do Uruguai. 

Na segunda fase, diante do Universitario, do Peru, venceu por 2 a 0 em casa e assegurou a classificação com novo triunfo, desta vez por 1 a 0, atuando como visitante.

O Barcelona é o maior campeão equatoriano, com 16 títulos - o último conquistado em 2020. Em termos de Copa Libertadores, o time de Guayaquil tem muito mais tradição do que o Guaraní, primeiro adversário do Coelho. O Ídolo foi vice-campeão em duas oportunidades (1990 e 1998) e já chegou às semifinais em outras sete - no ano passado, caiu nesta etapa diante do Flamengo.

Quem joga?


Sem novos desfalques, a tendência é que o técnico Marquinhos Santos repita a formação do jogo de ida. Os atacantes Felipe Azevedo e Matheusinho, que vinham sendo titulares, foram utilizados na derrota por 2 a 1 para o Uberlândia no Campeonato Mineiro e devem ser novamente reservas de Everaldo e Pedrinho.


Do lado do Barcelona, o técnico Jorge Célico ganhou três 'reforços'. Damián Díaz, Byron Castillo e Erick Castillo, desfalques para a partida em Belo Horizonte, retomaram normalmente as atividades com o elenco aurinegro.

Quanto vale o avanço?


A Libertadores segue como prioridade absoluta para o América. Um avanço para a fase de grupos do torneio significaria mais US$ 3 milhões em premiações para o Coelho (cerca de R$ 15,3 milhões na cotação atual).

O clube mineiro já garantiu US$ 1,1 milhão em ganhos pela trajetória no torneio continental. Os valores correspondem a aproximadamente R$ 5,6 milhões.

FICHA TÉCNICA


Barcelona-EQU

Burrai; Byron Castillo, Aimar, Rodríguez e Quiñonez; Piñatares, Leonai Souza e Damián Díaz; Martínez, Cortez e Mastriani.
Técnico: Jorge Célico

América

Jailson; Patric, Iago Maidana, Éder e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Alê; Pedrinho, Everaldo e Wellington Paulista.
Técnico: Marquinhos Santos

Motivo: jogo de volta da 3ª fase da Copa Libertadores da América
Data e horário: terça-feira, 15 de março de 2022, às 21h30
Local: Estádio Banco Pichincha, em Guayaquil

Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky e Gabriel Chade (Argentina)
Transmissão: Conmebol TV e tempo real do Superesportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.