AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Com disparada dos combustíveis, mercado prevê 6,45% de inflação em 2022

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


O mercado financeiro elevou a expectativa de inflação no Brasil em 2022. É a nona alta seguida na estimativa do mercado financeiro para a inflação, divulgada semanalmente pelo Banco Central.

Em uma semana, a projeção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu de 5,65% para 6,45%. 

Os dados constam no Boletim Focus do Banco Central, divulgado na manhã desta segunda-feira (14).

Esse é o primeiro Boletim Focus divulgado após o mais recente aumento do preço dos combustíveis pela Petrobras.

A nova estimativa supera em muita a meta estabelecida pelo Banco Central, que é de 3,5%. 

Se confirmada a previsão do mercado, será o segundo ano seguido de estouro da meta de inflação. Em 2021, o IPCA somou 10,06%, o maior desde 2015.

O mercado também aumentou a perspectiva de inflação para 2023, que passou de 3,51% para 3,70%.

Ameta do Banco Central para o próximo ano é 3,25%, e será considerada formalmente cumprida se oscilar entre 1,75% e 4,75%.

O Tempo


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.