AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Greve dos metroviários: trens funcionam das 10h às 17h nesta terça em BH

foto: Jair Amaral/D.A Press.E.M


O metrô de Belo Horizonte segue com o funcionamento reduzido nesta terça-feira (22/3). No segundo dia de greve dos metroviários, os trens funcionarão das 10h às 17h, ou seja, fora do horário de pico. Não há previsão, ainda, para o fim da paralisação. 

A decisão da categoria descumpre a determinação da justiça, que prevê a escala mínima de 5h30 às 10h e das 16h30 às 20h.

O Sindicato dos Metroviários (Sindimetro) afirma que, embora em horário diferente, os trens estão funcionando por mais tempo do que o determinado legalmente. Um número maior de viagens, com intervalos menores entre os trens, também está sendo oferecido: o intervalo que, antes da greve, era de 20 minutos, passou para 15 minutos. 

A categoria questiona a estabilidade dos empregos, após a transferência para empresas privadas no futuro, prevista no item 3 da Resolução CPPI nº 206, com normas para a privatização do metrô. 

A resolução permite que a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) faça a transferência dos funcionários para as empresas privadas que futuramente serão responsáveis pela administração do serviço. “A questão não é se vamos perder o emprego, mas quando”, pontuou a assessoria do Sindimetro. 

O sindicato alega, ainda, que até o momento não foram procurados pelo governo para uma negociação. "A paralisação continua. E com adesão de quase 100% da categoria", enfatizou o presidente do Sindimetro, Romeu Machado. 

CBTU 


Em nota publicada após os metroviários chegarem a um consenso sobre a breve, na quarta-feira (16/3), a CBTU declarou que está tomando as medidas legais cabíveis para tentar barrar a paralisação. 

"A CBTU se antecipou à tomada das medidas administrativas e judiciais cabíveis na tentativa de garantir a continuidade e qualidade na prestação dos serviços públicos de transporte de passageiros sobre trilhos na cidade", diz a entidade.
 
Os sindicalistas devem se reunir em frente à sede da CBTU, no Bairrro Floresta, região Leste de BH, para protestar. O ato será na manhã desta terça-feira. 

Reforço nos ônibus 


Com a paralisação, o transporte coletivo de Belo Horizonte foi reforçado na tarde de ontem. O aumento da frota foi uma solicitação da BHtrans, que enviou um  ofício ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte  (Setra-BH). 

O reforço, entretanto, deve ser disponibilizado somente nos horários de pico, pela manhã e no final da tarde. 



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.