AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Ministro faz balanço sobre saneamento no Dia Mundial da Água

O ministro do Desenvolvimento Regional,Rogério Marinho, participa do programa A Voz do Brasil

Em alusão ao Dia Mundial da Água, celebrado hoje (22), o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, fez um balanço das obras de transposição do Rio São Francisco e de obras de saneamento e de ampliação da rede de distribuição de água tratada no Brasil, em especial na Região Nordeste.

Em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, Marinho afirmou a importância da água e do saneamento na vida dos brasileiros. Segundo o ministro, com a transposição do Rio São Francisco, 16,5 milhões de pessoas serão beneficiados em 545 municípios de sete estados.

“Estamos implementando o maior programa de infraestrutura hídrica já visto em nosso país. Com mais de 3 mil quilômetros de canais e adutoras prontas, em construção ou a serem construídas. São ações estruturantes e transformadoras”, disse.

Segundo Marinho, o Brasil deverá atingir o patamar de R$ 700 bilhões em obras de infraestrutura relacionadas à água e saneamento básico até 2033 - resultado do Marco Legal do Saneamento, sancionado em 15 de julho de 2020. Atualmente, os oito leilões realizados após o Marco Legal garantiram cerca de R$ 45 bilhões para o setor.

O ministro citou ainda o programa Águas Brasileiras, que revitaliza bacias hidrográficas e fomenta o desenvolvimento de regiões de baixo índice socioeconômico.

Rogério Marinho explicou que, além das vantagens econômicas e sociais, a garantia de água e saneamento também pode ser consideradas medida básica de saúde e reafirmou a importância do fornecimento em regiões que historicamente sofrem com a falta d’água.

“As águas do Velho Chico vão colocar o Nordeste em um novo patamar de desenvolvimento. Vai diminuir pressão sobre o sistema de saúde e a mortalidade infantil”, explicou.

Assista ao pronunciamento:




 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.