AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

‘Antes da adesão ao RRF, precisamos de um acordo político’, defende Viana



O pré-candidato ao governo de Minas Carlos Viana (PL) defende que, antes de aderir ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), o Estado de Minas precisa costurar um acordo com o governo federal para repor ao menos parte das perdas inflacionárias do funcionalismo público. O senador foi o convidado, nesta segunda-feira (11), do Café com Política, do Super N, da Rádio Super 91,7 FM.

A proposta do governador Romeu Zema (Novo) para aderir ao RRF está parada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) desde quando foi enviada em 2019. 

De acordo com Viana, os servidores públicos estaduais têm razão ao reivindicar a recomposição de perdas inflacionárias. “São quatro anos de uma inflação que corroeu o salário de categorias que são importantes para nós, como os policiais penais, os policiais civis, os professores etc., e, depois, nós levamos Minas para o Regime de Recuperação Fiscal, que é uma necessidade futura”, explica o senador.

O pré-candidato ao governo ainda critica o que entende como isolamento de Zema. “Hoje, o que está faltando, ao meu ver, é um bom acordo político com a Assembleia Legislativa, uma boa conversa como Minas Gerais sempre conseguiu fazer e um acordo com o governo federal que nós estamos colocando à disposição desde 2019 e que não foi utilizado hora alguma. O governo se isolou por completo”, diz.

Super Esportes


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.