AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Asilo é interditado por falta de higiene e uso de remédios vencidos

(foto: Google Street View/Reprodução)


As Obras Assistenciais São Vicente de Paulo, em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas, conhecidas como Vila Vicentina, foram interditadas pela Vigilância Sanitária. A instituição que atende idosos está proibida de receber novos internos até a regularização. Detalhes da inspeção foram divulgados, apenas nesta segunda-feira (18/4), pela prefeitura da cidade.

A vistoria foi realizada no dia 12 de abril. Durante a visita dos fiscais, foram constatadas várias irregularidades não estruturais. Dentre elas, limpeza e higienização fora do padrão. Ao todo, 81 idosos são assistidos pela instituição.

O número de funcionários é inferior ao preconizado, como técnicos de enfermagem, enfermeiros, cuidadores para atender a escala noturna. Também foram flagradas várias pessoas tomando banho ao mesmo tempo.

Medicamentos vencidos e acondicionamento incorreto das fraldas, foram detectados.

Em nota, a prefeitura informou que no dia seguinte à vistoria, a vice-prefeita e secretária de Governo, Janete Aparecida (PSC), convocou uma reunião com a Vigilância Sanitária. Participaram representantes do Conselho do Idoso e da Saúde, Comissão de Saúde e do Idoso da Câmara Municipal, Assistência Social, membros da Instituição São Vicente de Paulo, entre outros. 

"Na oportunidade, foi apresentada e discutida a situação para, de forma conjunta, tentarem encontrar uma solução e sanar as irregularidades sanitárias encontradas após a vistoria realizada pela Vigilância Sanitária. As medidas a serem tomadas estão sendo discutidas e serão resolvidas dentro da legalidade", informou.

Todo o histórico e procedimento está sendo acompanhado pelo Ministério Público. "O município não medirá esforços para garantir o bem estar dos idosos da cidade, seja em clínicas particulares ou instituições filantrópica", completou.


Readequações

A diretoria das Obras Assistenciais São Vicente de Paulo informou que, a partir da interdição, realizou a reestruturação da coordenação e responsabilidade técnica. Leia a nota na íntegra:
 
“A diretoria da 'Obras Assistenciais São Vicente de Paulo – SSVP', comumente conhecida como 'Vila Vicentina', vem a público manifestar que após a reunião ocorrida na Prefeitura Municipal de Divinópolis, no dia 13/04/2022, promoveu a reestruturação interna e a substituição da coordenação e responsabilidade técnica da entidade, sendo que está dialogando com os setores da Administração Municipal para que juntos possam encontrar meios para regularizar todas as questões indicadas pela Vigilância Sanitária”.

*Amanda Quintiliano - Especial para o EM

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.