AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Brasil é sorteado em grupo parecido com 2018 na Copa do Mundo do Catar



O Brasil terá pela frente Sérvia, Suíça e Camarões no Grupo G da Copa do Mundo do Catar. A chave é muito parecida com a de 2018 - a diferença é a entrada de Camarões no lugar da Costa Rica.

As chaves foram definidas em sorteio em Doha, capital catari, no início da tarde desta sexta-feira (1º), pelo horário do Brasil.

estreia do Brasil será contra a Sérvia, em 24 de novembro (quinta-feira). Na segunda rodada, o rival será a Suíça, no dia 28 (segunda). Camarões será o último adversário, em 2 de dezembro (sexta).

O Mundial começa em 21 de novembro, com a estreia do anfitrião Catar diante do Equador, no Estádio Al Bayt. A final será em 18 de dezembro, no Estádio Lusail.

Veja os grupos da Copa do Mundo do Catar


Grupo A

Catar
Equador
Senegal
Holanda

Grupo B

Inglaterra
Irã
Estados Unidos
País de Gales x Escócia ou Ucrânia

Grupo C

Argentina
Arábia Saudita
México
Polônia

Grupo D

França
Peru x Austrália ou Emirados Árabes
Dinamarca
Tunísia

Grupo E

Espanha
Costa Rica x Nova Zelândia
Alemanha
Japão

Grupo F

Bélgica
Canadá
Marrocos
Croácia

Grupo G

Brasil
Sérvia
Suíça
Camarões

Grupo H

Portugal
Gana
Uruguai
Coreia do Sul

Indefinições


Restam três vagas para a Copa, que serão preenchidas em junho. Os confrontos serão em jogo único no Catar, entre as seguintes seleções:
  • Costa Rica x Nova Zelândia
  • País de Gales x Escócia ou Ucrânia
  • Peru x Austrália ou Emirados Árabes

Como foi o sorteio?

A Fifa separou as seleções em quatro potes de oito times com base no ranking da entidade. As exceções foram o Catar (número 51 do mundo, mas cabeça de chave por sediar o torneio) e os três países ainda indefinidos (que entraram diretamente no pote 4).
As regras do sorteio estabeleceram que cada grupo deve ser composto por uma equipe de cada pote. Seleções de uma mesma confederação não podiam cair no mesmo grupo, exceto as europeias (eram permitidas duas por chave, no máximo).

O sorteio foi dirigido pela meia estadunidense Carli Lloyd, pelo ex-jogador inglês Jermaine Jenas e pela jornalista inglesa Samantha Johnson.

Outras personalidades do futebol também participaram do evento, como Cafu (Brasil), Lothar Matthäus (Alemanha), Adel Ahmed MalAllah (Catar), Ali Daei (Irã), Bora Milutinovic (Sérvia/México), Jay-Jay Okocha (Nigéria), Rabah Madjer (Argélia) e Tim Cahill (Austrália).

Super Esportes



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.