AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Comitiva do Sul de Minas conhece cidade paranaense referência no incentivo ao empreendedorismo

 


Uma comitiva integrada por prefeitos, secretários municipais, funcionários públicos e representantes de associações de 11 cidades do Sul de Minas, desembarcou, no início desta semana, em Maringá, noroeste do Paraná, para conhecer o trabalho realizado na cidade, referência em inovação e desenvolvimento econômico. A visita, organizada pelo Sebrae Minas, terminou na última quarta-feira (13/4).

“Maringá é uma cidade empreendedora. Queremos mostrar esse exemplo aos gestores públicos do Sul de Minas para que eles saibam a importância de como iniciativas simples podem fazer toda a diferença para o desenvolvimento do ambiente de negócios, e consequentemente, o desenvolvimento econômico da região”, afirma o analista do Sebrae Minas Francisco Corrêa, que também fez parte da comitiva. A comitiva contou com a participação de 27 representantes de Varginha, Elói Mendes, Três Pontas, Cambuquira, Monsenhor Paulo, Ilicínea, Boa Esperança, Lavras, Coqueiral, Campanha e Santana da Vargem. Durante a visita, os mineiros tiveram a oportunidade de conhecer ações desenvolvidas pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), e ainda iniciativas como:  MarinagaTech, incubadora de empresas e parque tecnológico, e a Evoa, aceleradora de startups.

“Essa visita a Maringá ajudou a entender nosso papel como incentivadores do desenvolvimento dos municípios. É bastante nítida a visão de futuro que a cidade tem, além do foco em ações voltadas à cooperação”, explica Paulo Renato Gonçalves, secretário de Desenvolvimento de Lavras. Ao final da visita à cidade paranaense, Cassiano Brito, chefe da Divisão de Desenvolvimento Econômico de Três Pontas, destacou as lições aprendidas. “Saio daqui ansioso para compartilhar o que aprendi com meus colegas e avaliar ações que podem ser implementadas na cidade de Três Pontas, além de várias ideias que surgiram”, relata.


Referência

A cidade paranaense foi considerada a melhor para se viver no país, de acordo com um levantamento divulgado no ano passado.  O município é referência em empreendedorismo, inovação e desenvolvimento econômico, há quase 30 anos, quando lideranças preocupadas com a perda do dinamismo econômico decidiram criar um grupo de representantes para discutir sobre o futuro da cidade.

Assim, foi criado o projeto ‘Maringá 2020’, um planejamento que incluía oito diretrizes para serem desenvolvidas até 2020. Após esse período, o projeto foi atualizado e novas metas foram propostas para serem concluídas até 2030. Agora, a cidade trabalha com a terceira agenda de futuro, a ‘Maringá 2047’.  Os indicadores e metas para desenvolvimento da cidade estão classificados em novos eixos estratégicos: econômico, intelectual, social, meio ambiente e qualidade de vida, acessibilidade e infraestrutura, institucional, imagem e identidade.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.