AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

FIEMG e Ibram renovam aliança institucional em prol da mineração

 

Foto: FIEMG

Entidades empresariais parceiras de longa data, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) renovaram aliança institucional em encontro na última segunda-feira (11/04) entre os principais dirigentes das duas entidades, Flávio Roscoe, presidente da Federação, e Raul Jungmann, diretor-presidente do Ibram. As duas organizações vão dar prosseguimento à articulação que mantêm pelo desenvolvimento sustentável da atividade minerária em Minas Gerais.

Considerado um dos principais estados mineradores do país, Minas Gerais segue com boas perspectivas para o desenvolvimento da atividade mineral. Em 2021, o estado apresentou a maior elevação percentual em faturamento do setor. Segundo dados do Ibram, no ano passado, Minas registrou faturamento 87% superior ao de 2020, passando de R$ 76,4 bilhões para R$ 143 bilhões. Com esse resultado, o estado responde por 42% do faturamento global da indústria da mineração brasileira em 2021 – esta participação era de 37% em 2020.

Minas Gerais também apresentou o maior incremento de recolhimento de royalty em 2021 (R$ 4,6 bilhões, crescimento de 95%) e é o estado que mais vai atrair investimentos no setor até 2025, US$ 10,2 bilhões. O Ibram afirma que a mineração é e será relevante para a economia do estado por muito tempo e tem sido exercida em acordo com normas internacionais de segurança operacional e sustentabilidade.


Atuação primordial

Esses dados robustos situam a indústria da mineração entre os principais segmentos representados no estado pela FIEMG. 

A Federação tem atuação considerada primordial para o desenvolvimento da mineração empresarial e age em sintonia com o Ibram para que este setor econômico trilhe o caminho voltado à sustentabilidade, combinada com altos índices de segurança operacional e respeito às pessoas e ao meio ambiente. No encontro, realizado na sede da Federação, em Belo Horizonte (MG), Raul Jungmann disse que espera contar com o apoio de Flávio Roscoe e da FIEMG ao longo de sua gestão, iniciada agora em março. O Ibram, disse Jungmann, irá direcionar parte de suas ações para gerar oportunidades para a indústria da mineração, o que refletirá positivamente em negócios para outros segmentos da indústria de Minas Gerais ao longo dos próximos anos.

O panorama de novos negócios do setor mineral será debatido em setembro, na capital mineira, durante a Exposibram 2022, disse Jungmann. Ele convidou Roscoe a participar do evento, a ser realizado novamente no formato presencial, nos dias 12, 13, 14 e 15 de setembro. Já no período de 20 a 21 de setembro, será organizada a edição em formato virtual.

Fonte: FIEMG


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.