AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

McDonald's decide tirar linha McPicanha no Brasil após propaganda enganosa



A rede de fast food McDonald's decidiu tirar do cardápio os dois sanduíches da linha Novos McPicanha de todo o Brasil após se envolver em polêmica em que estaria fazendo parte de propaganda enganosa, uma vez que o sanduíche não viria com a carne nobre. A medida é válida já a partir desta sexta-feira (29).

Por meio de nota, o restaurante pediu descuplas aos clientes e informou que está avaliando "os próximos passos." Na nota, a empresa se justifica dizendo que o nome foi escolhido "justamente para proporcionar uma nova experiência ao consumidor com o exclusivo molho sabor picanha." As informações são do G1.

A decisão ocorre após o restaurante ser notificado pelo Procon-SP por ter feito a propaganda do sanduíche McPicanha. O órgão pediu esclarecimentos à rede de fast food sobre a composição dos lanches.

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) também informou que vai abrir uma ação ética contra o McDonald's para verificar a "veracidade da mensagem publicitária" no caso do lançamento dos sanduíches da linha McPicanha.

Entenda o caso 

A manifestação do McDonald's ocorreu depois de a página Coma Com os Olhos, que faz resenhas sobre lanches no Instagram, ter afirmado que levaria o possível caso de propaganda enganosa ao Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) e ao Procon de São Paulo.

A própria empresa já confirmou que o hambúrguer do McPicanha é "produzido com diferentes cortes de carne bovina" -ou seja, sem picanha. Em nota, a companhia também disse lamentar que a "publicidade criada em torno do produto tenha provocado dúvidas nos consumidores".

"Os lançamentos trazem a novidade do exclusivo molho sabor picanha (com aroma natural de picanha), uma nova apresentação e um hambúrguer diferente em composição e em tamanho (100% carne bovina, produzido com um blend de cortes selecionados e no maior tamanho oferecido pela rede atualmente)", afirmou a rede.


Por O TEMPO


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.