AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Opinião com Luiz Fernando Alfredo


 

Iluminado ou protegido

Existem certas pessoas cuja psicologia e até mesmo à parapsicologia, não conseguem explicar o “modus vivendi” (modo de viver) e o “inopnation reactionem” (reação inesperada), pois o comportamento depende muito do temperamento, aliado ao grau de instrução e educação recebida em casa através dos exemplos familiares, ou seja a calmaria ou turbulência, do dia a dia no ambiente, pode influenciar o subconsciente.
Citamos à parapsicologia, por ser uma divisão da psicologia que trata de coisas não compreendidas como terrenas, ou seja oriundas de certas habilidades diferenciadas e inexplicáveis, que só podem estar ligadas à metafísica.
Por outro lado, como à psicologia explicaria o movimento irritante da nossa sociedade hoje? É o mais e mais do mesmo. Várias palavras são repetidas em microfones de todo o Brasil, em quaisquer seguimentos da sociedade que transmitam informações ou notícias, elas são: narrativas (equivalente a ficçâo), “Fake news” (mentira), memes (piadas nas redes sociais), “hashtags” (incentivo) resiliência (capacidade de recuperação ou adaptação) Cleptocracia (países administrados por ladrões) negacionista (quem nega o óbvio ou pessimista).
Estas palavras esquisitas deixam muitos, sem entenderem, mas é a   forma de se comunicar no país inteiro, portanto precisamos nos atualizar para não ficarmos por fora das notícias. Isto enche qualquer bornal!
De acordo com as nossas limitações e conhecimentos empíricos, vimos analisando personalidades dos principais protagonistas dos fatos corriqueiros noticiados no país e pedimos licença para exemplificar algo que às ciências humanas poderia explicar: tipo a psicologia, pode esclarecer o comportamento do molusco Lula durante suas duas gestões, os desvios, desmandos, sua megalomania e seu complexo de homem mais honesto do mundo. Agora, achamos que aqueles que querem a volta dele, só se explica através da psiquiatria e não precisa uma extensa ficha de anamnese, para um diagnóstico nada errático - esquerdofrenia em grau máximo, cujo nome científico poderia ser: Acéfalus idiotis mortadelus neuruchipadus. 
Avaliamos com muita propriedade, pois lemos tudo, nos mínimos detalhes e usamos sempre o racional para deduzirmos e quase sempre acertamos, mas não quer dizer que devem concordar com nossas definições, pois um ponto de vista e a vista de um ponto são termos que podem ser idênticos e diferentes simultaneamente, pois interpretações dependem das nossas tendenciosidades e manifestações do que estão represados em nossas consciências, personalidade e nossos pecados capitais se tivermos algum (luxúria, vaidade, inveja, gula, ira, preguiça e avareza), são grandes influenciadores nas emissões de opiniões, pois ofuscam a realidade. Será embotamento afetivo?
Nós observadores não devemos julgar com rigor àqueles que erram e são presos, pois a lei já se encarregou de puni-los, devemos indignarmos com àqueles que têm foro privilegiado e nunca são punidos, mas é lógico, estamos no Brasil, onde as setas costumam desviar do alvo e voltarem para quem as atirou, o poste molha o cachorro, os ladrões prendem às autoridades, malas de dinheiro abrigam-se em apartamentos e ninguém sabe de nada, como elas apareceram lá, dinheiro na cueca, etc.
Justificando todos os nossos comentários, nos preocupa muito, o ar pesado que toma conta do nosso pais, sugere algo de muito ruim para o futuro; o clima de ódio prepondera em todos os lugares e às dúvidas também, chegamos até desconfiar da sanidade de alguns por ver que o poder está muito longe deles, depois que o povo brasileiro acordou.
Precisamos espiritualizarmos, pacificarmos, alegrarmos, cultuarmos a simplicidade, a humildade procurarmos às igrejas, templos ou qualquer local de orações, pois a conexão com o sagrado, libera substâncias importantes em nosso organismo equilibrando-o, segundo a ciência.
Destarte, estamos cada vez mais surpresos, com o exponencial de cinismo que impera neste país, especialmente daqueles que querem tirar Bolsonaro, por isto temos que ser resilientes, ordeiros e unidos para conquistarmos este país de vez, livrando-o das garras dos comunistas, pois, se por um infortúnio, este país  perder  a soberania, ele será o celeiro para sustentar potências que nos cobiçam.
Todos conhecem a anedota da cobra e o vagalume, este não fazia parte da cadeia alimentar da serpente, no entanto, ela o perseguia para mata-lo, só por causa de sua luz que brilhava, e a rastejante, não suportava. E têm muitos energúmenos, que não matam,  mas  tentam machucar vagalumes, no entanto, a luz é tão forte que não conseguem sequer diminuírem seu brilho. A sofrência não se trata de um neologismo, mas é uma palavra apropriada para substituir o que antes era dor de cotovelo. 
Finalizando, depois de listar num papel todos os ataques ao Presidente Bolsonaro, temos certeza, como mencionamos anteriormente, este homem veio de encomenda para ser amado e odiado e com a participação dos Céus, pois o cara sempre debaixo de porrete, defende tudo àquilo que alguns não querem mais: Deus, patriotismo, família e liberdade, contra tudo e todos no Brasil e no exterior. 
Com certeza, este cara é iluminado e protegido! 
Que Deus tenha misericórdia do mundo inteiro, pois nós que estamos no limiar do fim desta geração dos anos cinquenta a noventa, ainda sabemos discernir o bem, o belo, o bonito e o Sagrado e precisamos deixar este legado para os jovens brasileiros. É obrigação nossa orienta-los.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.