AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

PM reforça segurança de colégio após pichação com ameaças de massacre



O entorno do colégio Magnum, no bairro Nova Floresta, região Nordeste de Belo Horizonte amanheceu com reforço no policiamento, um dia depois da pichação de “Massacre 06/04” ser encontrada no banheiro da escola.

Apesar do susto, a ameaça não intimidou os pais que enviaram os alunos normalmente às aulas nesta quarta-feira (06). O movimento na porta do colégio na manhã de hoje é normal.  A direção da unidade de ensino afirma que o caso “está relacionado à indisciplina e não traz risco à segurança da comunidade escolar”.

A pichação sugerindo um massacre no dia de hoje foi encontrada em um dos banheiros do colégio na tarde desta terça (5). Segundo a Polícia Militar, a direção da escola fez um boletim de ocorrência logo após o ocorrido. Na manhã de hoje, uma viatura da corporação ficou de prontidão fazendo a guarda dos alunos, professores e pais.

Em relato à Polícia Militar, funcionários informaram que as pichações foram encontradas pela primeira vez no fim de março, no banheiro masculino. Após fazerem a limpeza dos azulejos, os faxineiros encontraram outra pichação que dizia: “Não vão nos calar”.

Em nota, a direção do Magnum informou que “a escola tomou ciência do ocorrido, sinalizou ao Conselho Tutelar e aplicou as medidas cabíveis”. A escola disse ainda que “o caso está sendo solucionado pela direção da instituição com os responsáveis pelos alunos envolvidos, de acordo com o regimento da escola”. O Magnum não informou se os envolvidos no caso vão ser expulsos da instituição.


EM


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.