AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Polícia Federal investiga família por fraudes no auxílio emergencial



A Polícia Federal investiga quatro pessoas da mesma família suspeitas de fraudes no auxílio emergencial, benefício financeiro dado para o enfrentamento da crise durante a pandemia. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta sexta-feira (8), em Coronel Fabriciano, no Vale do Rio Doce. 

Durante as investigações, a polícia descobriu que os suspeitos seriam beneficiários de pelo menos 18 contas do programa, o que pode ser enquadrado como crime de estelionato e falsidade ideológica.

Se condenados, as quatro pessoas podem pegar de um a cinco anos de prisão. A Justiça Federal de Ipatinga decretou o bloqueio de valores e veículos dos investigados.
 
Segundo a polícia, a ação faz parte da Estratégia Integrada de Atuação contra Fraudes ao Programa de Auxílio (EIAFAE) e tem o objetivo de identificar os crimes e desarticular a atuação de organizações criminosas. 
 
Também participam da ação o Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, Caixa, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União. 

EM
(foto: Divulgação / Polícia Federal)

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.