AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Projeto quer permitir que pets sejam sepultados junto com donos em Poços de Caldas



Vereador em Poços de Caldas, no Sul de Minas, Flávio Togni (PSDB) apresentou um projeto, no fim do mês passado, que pretende permitir o sepultamento de animais domésticos em jazigos familiares em cemitérios públicos ou privados do município. 

No texto, o tucano deixa claro que a regra se aplicaria “prioritariamente a cães e gatos de estimação da família”, e que os campos-santos poderiam “estabelecer regramento próprio” para o enterro dos bichos. 

Na justificativa, o parlamentar argumenta que “é difícil a família que hoje não tenha pelo menos um animalzinho de estimação” e que “o momento da morte desses bichinhos é um luto cercado de tristeza e dor”.

“Prestar a última homenagem a estes animais é o desejo de muitas pessoas e uma reivindicação de quem atua pela causa animal. Além deste sofrimento da perda, há ainda a incerteza sobre onde enterrá-los de forma digna”, defende.

Projeto prevê que pets possam ser enterrados em cemitérios de Poços de Caldas — Foto: Reprodução/EPTV Projeto prevê que pets possam ser enterrados em cemitérios de Poços de Caldas, no Sul de Minas.

A proposta tramita dentro das comissões da Câmara Municipal e não há previsão de quando será votada em plenário.

Caso aprovado, o documento indica que a prefeitura deve definir as regulações por meio de decretos, como, por exemplo, taxas de sepultamento dos animais, ou a impossibilidade de enterro em caso de animais com doenças transmissíveis a humanos.

Todo trâmite na Câmara Municipal deve durar de dois a três meses. A expectativa do vereador Flávio Togni é que o projeto seja votado antes do recesso do Legislativo do meio do ano.

Segundo a assessoria do vereador, o projeto é uma demanda que pessoas ligadas à causa animal levaram até ele.

Fonte: O Tempo

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.