AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Adolescente fica em estado grave após ser atacada por pitbull da família, em MG



Uma adolescente, de 16 anos, ficou ferida após ser atacada por um pitbull em Governador Valadares nesta segunda-feira (2). Segundo a Polícia Militar, ela teve lacerações no rosto, boca, olhos e orelhas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o cão era da família e já tinha histórico de ataques a outras pessoas.

Os policiais foram até uma casa no bairro Turmalina após receberem informações de que a menor estava sendo atacada e que os vizinhos não tinham conseguido retirar o cão de cima dela.

Populares informaram que ouviram gritos da adolescente e, ao tentarem entrar no imóvel, viram o cão sobre a vítima. A jovem, que estava sozinha em casa no momento do ataque, estava caída na sala e o cão mordia o pescoço e o rosto dela. 

Já no local, os militares se depararam com o portão trancado com um cadeado e a jovem caída no chão da sala, ainda sendo mordida no pescoço e rosto.

De acordo com a PM, um dos integrantes da equipe efetuou um disparo no teto do imóvel com o intuito de espantar o animal. Após tentarem quebrar o cadeado, os policiais pularam o muro da casa e atiraram no cachorro, que largou a vítima.

Ao ser atingido, ele correu para a parte de cima do imóvel, possibilitando que os militares fechassem uma porta e o isolassem.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e levou a adolescente para o Hospital Municipal da cidade, onde ela está internada em estado grave 

Após a saída dos socorristas, os militares foram até os fundos da casa para verificarem a situação do cachorro. Conforme a PM, o pitbull tentou avançar neles e foi preciso fazer mais um disparo, o que acabou provocando a morte dele.

 

Família devastada

Segundo a prima da vítima,a adolescente não corre risco de morrer, mas terá que ser transferida para Belo Horizonte, onde vai passar por cirurgias plásticas.

De acordo com a familiar, eles ainda não sabem o que levou o cão a atacar, mas suspeitam que a garota teve uma crise epiléptica, o que assustou o animal. A adolescente tem as crises com certa frequência e teve uma no momento do ataque. “É desesperador, porque ela só tem 16 anos e já tinha esses outros problemas de saúde e agora vai ter que passar por diversas cirurgias plásticas”, desabafa a prima da vítima.

“Eu digo para que as pessoas não confiarem (em cachorros), porque foi muito triste o que aconteceu com ela. Uma pessoa que tem a vida toda pela frente e agora tem que passar por isso”, conclui. 

 

Outra vítima

Vizinhos informaram aos policiais militares que o pitbull, que era de estimação da família, já tinha atacado uma idosa que mora no bairro Turmalina, onde fica a residência da adolescente.

Fonte: G1

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.