AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Adolescentes acusados de ameaçar massacre em escola em Passos são detidos

(foto: Redes Sociais)


A Polícia Civil investiga uma ameaça de massacre em escola em Passos, no Sudoeste de Minas. A cidade parou nessa quarta-feira (4/5) após uma postagem com a ameaça em uma rede social. Dois adolescentes foram ouvidos, e a história deixou pais receosos.

“Circularam em grupos de WhatsApp mensagens alusivas a um possível ataque a uma escola na região da Penha. O que chamou a atenção de pais, professores e da população em geral. Tanto a PM, quanto a Policia Civil trabalharam para evitar que esse caso se tornasse real”, explica delegado responsável, Marcos Pìmenta.
 
As investigações começaram logo após a circulação das mensagens de ameaça. Dois adolescentes foram apreendidos com o celular que teria sido usado para promover a notícia.

“A princípio, disseram que estavam na escola e que estavam ocorrendo possíveis fugas. A PM apreendeu os suspeitos no local. Um deles acabou confessando que fez a postagem através do celular da namorada em um perfil de fofoca da cidade”, conta o delegado.
 
A polícia concluiu que se tratava de uma ‘fake news’. “Era apenas uma brincadeira, que teve um fim ruim para a toda a sociedade. Então, pedimos que se evite esse tipo de brincadeira ilegal”, ressalta delegado.
 
Na sequência, o prefeito da cidade, Diego Rodrigo de Oliveira, recorreu às redes sociais para acalmar a população. "Trata-se realmente de uma fake news. Você pai, você mãe, pode ter certeza que seus filhos estarão seguros em nossas escolas. E, qualquer tipo de afronta às nossas escolas, as forças de segurança já estão preparadas", alertou.

EM

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.