AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Governo de MG oferece 40 mil vagas em cursos gratuitos a servidores da educação

 


A Secretaria de Estado da Educação (SES) de Minas Gerais abriu inscrições para que professores e trabalhadores da área possam participar do “Trilhas do Futuro – Educadores”, edição especial do programa que oferece qualificação gratuita no Estado. 

O cadastro pode ser feito neste link até a sexta-feira da próxima semana (13), e são cerca de 40 mil vagas em cursos de pós-graduação lato sensu (especialização e MBA) e stricto sensu (mestrado e doutorado) em instituições de ensino superior “públicas ou privadas, previamente credenciadas”.

“Inicialmente, as inscrições serão para 23.200 vagas em cursos de especialização e MBA. O Trilhas de Futuro Educadores também disponibilizará vagas de mestrado e doutorado, mas o cronograma para esses cursos de pós-graduação stricto sensu seguirá o cronograma/edital das instituições de ensino superior que vão oferecer os cursos”, explica a pasta em nota. 

“Nesses casos, além dos critérios do projeto, o candidato terá que passar pelo processo seletivo da instituição. Ao longo do ano, de acordo com a disponibilidade das Instituições de Ensino Superior, serão abertas novas vagas”, acrescenta.

O projeto terá qualificação para “cursos que dialogam com a prática dos profissionais da educação” em relação a “ensino de matemática, Libras, coordenação pedagógica, educação integral, gestão pública, alfabetização e letramento, artes, entre outros”, de acordo com o texto.  “No Catálogo de Cursos, que está disponível na plataforma de inscrição, é possível conferir todas as formações disponíveis no Trilhas de Futuro Educadores.  A previsão é que as aulas dos cursos de especialização e MBA tenham início em 30 de junho”, completa o governo do Estado.

Estão aptos a participar servidores da SEE graduados em licenciatura, bacharelado ou curso superior tecnológico que ocupem cargos efetivos e estáveis nas carreiras de “Professor de Educação Básica (PEB); Especialista em Educação Básica (EEB); Analista Educacional (ANE) / Analista Educacional/Inspetor Escolar (ANEI); Analista de Educação Básica (AEB); Técnico da Educação (TDE); Assistente Técnico de Educação Básica (ATB); Assistente de Educação (ASE). Também é necessário estar em exercício na Unidade Central, Superintendências Regionais de Ensino ou unidade escolar da SEE/MG”

Fonte: O Tempo


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.