AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Homem se passa por funcionário de banco e recolhe cartões de vítimas para golpes em Varginha



Um homem de 24 anos foi preso, nesta terça-feira (3), após aplicar golpes a dois idosos em Varginha (MG). Segundo a Polícia Militar, o suspeito se passava por funcionário de banco e dizia que o cartão de crédito delas havia sido clonado. Após recolher os cartões, ele fazia transações bancárias. 

Uma das vítimas foi um senhor de 72 anos, que informou que na manhã de segunda-feira (2) recebeu uma ligação. O suspeito informou por telefone que o cartão de crédito do idoso havia sido clonado e que indivíduos estavam fazendo movimentações bancárias. 

Segundo a PM, o homem disse que um funcionário do banco iria até a casa do idoso para pegar o cartão e bloqueá-lo. Durante a noite, na casa da vítima, ele pediu que o senhor escrevesse uma carta de contestação de compras. O suspeito saiu do local levando o cartão de crédito e a carta. 

Na terça-feira (3), o idoso foi até a agência bancária e o gerente da conta informou que várias transações foram feitas. Entre elas, saques e transferências, totalizando R$20.675 retirados da conta. 

Ainda de acordo com a polícia, ao sair do banco, o idoso encontrou o homem na Praça José de Resende Paiva. O golpista correu, mas foi segurado até a chegada da PM, que foi acionada por volta das 13h. 

Segundo a PM, junto com o suspeito foi localizado a quantia de R$130 em dinheiro, um aparelho celular e o cartão de crédito da vítima. No quarto de hotel, onde o homem estava hospedado, foram encontradas 10 máquinas de cartão, uma carta de contestação escrita por uma mulher, além de dois cartões em nome dela. 

A PM entrou em contato com a senhora, de 75 anos, também moradora de Varginha, que alegou ter sofrido o mesmo golpe. 

O homem foi preso em flagrante e conduzido à delegacia de plantão. O material localizado foi apreendido.


Fonte: G1 Sul de Minas

Foto: Polícia Militar




 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.