AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Lixo reciclável vira moeda de troca para moradores e incentiva economia em Coqueiral



O programa Coqueiro Verde já está funcionando há um mês em Coqueiral (MG). O projeto viabiliza uma moeda de troca para a população: a pessoa que chega à feira pode usar uma cédula e comprar qualquer produto, mas para isso acontecer é preciso doar algum material reciclável em um dos pontos de coleta da cidade.

No local, a pessoa deixa o material reciclável e antes de ir para o container, tudo é pesado em uma balança. Cada tipo de item tem um valor em reais. Essa nova moeda tem ajudado a movimentar a economia e favorece o investimento na consciência ambiental.

Segundo Juliano Vilela Oliveira, engenheiro agrônomo, explica que conforme o peso, é repassado uma quantidade específica de ‘coqueiro verde’, nome dado à nova moeda local.

“Por exemplo, 1 kg de alumínio equivale a 6 ‘coqueiros verdes’. Cada ‘coqueiro verde’ vale R$1.”

O escritor Thiago Vicente, morador da cidade, aderiu ao projeto desde o lançamento. “Isso traz essa conscientização para uma população que é muito carente sobre o assunto.”

A Lei Coqueiro Verde de 2019 utiliza recurso próprio da Prefeitura Municipal de Coqueiral. Ao final de toda feira de domingo, as notas são recolhidas dos feirantes e levadas para contagem na prefeitura, que paga por tudo que foi vendido utilizando a nota.

De acordo com o feirante, Vicente Paulo de Carvalho, as vendas aumentaram depois que a cédula começou a ser usada. Ele conta que a nova moeda colaborou bastante na movimentação das vendas. 

“Ajudou bastante a gente na feira. Incentivou bastante!”, comemora o feirante. 

Bom para os comerciantes da feira e para quem já conseguiu carregar um dinheiro a mais no bolso. A dona de casa Milena Almeida comenta que o projeto beneficia várias pessoas, mas principalmente o meio ambiente.

“Nós estamos ajudando não só a nossa geração, mas a geração futura, preservando o meio ambiente. Assim, todos nós somos beneficiados”, comenta Milena.


G1

Foto: Reprodução/EPTV


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.