AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

MG: Varíola do macaco deve chegar 'pontualmente', diz secretário de Saúde



A varíola dos macacos, infecção viral rara que está se espalhando pelo mundo, pode, sim, chegar ao Brasil, reconheceu o secretário de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Fábio Baccheretti. Para ele, no país o comportamento será “pontual”, não chegando ao status de epidemia.

O alerta foi feito pelo titular da pasta durante coletiva concedida na manhã desta quinta-feira (26), na Cidade Administrativa, para falar sobre COVID-19.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a varíola dos macacos já é registrada em pelo menos 16 países. Até o momento, 250 casos foram relatados, o primeiro deles em 7 de maio em nações fora da África Ocidental e Central, onde a enfermidade é mais comum. A maioria dos doentes está na Europa.

Fábio Baccheretti reforçou que a transmissão da doença é por contato, não pelo ar. “Não há expectativa de epidemia de varíola de macacos no Brasil, em Minas Gerais. É, obviamente, um vírus que vai chegar aqui pontualmente, não é questão de a população ter uma nova epidemia, não vai acontecer isso”, frisou.

O secretário disse, ainda, que a recomendação é reconhecer notificações suspeitas da varíola dos macacos em Minas. “Para conseguirmos acompanhar os casos e seus contatos”, complementou.


EM



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.