AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

'Não ando mais na rua', lamenta árbitro que apitou Atlético x Cruzeiro

Árbitro Igor Junior Benevenuto saiu escoltado pela polícia após a partida entre Atlético e Cruzeiro, pela primeira fase do Mineiro

Árbitro que apitou a polêmica partida entre Atlético e Cruzeiro, pela primeira fase do Campeonato Mineiro desta temporada, Igor Junior Benevenuto afirmou que não consegue mais andar na rua. Em entrevista para o canal "Bora pra Resenha Podcast" nessa segunda-feira (3), o juiz contou que teve crise de pânico quando foi ao shopping por pensar que alguém poderia agredi-lo. 

"Eu tenho bloqueio de sair do portão e andar na rua. Não andei mais. Desde o clássico, eu não ando mais na rua. Semana passada foi o primeiro dia que eu fui no shopping. Teve uma hora que eu sentei e me deu uma crise de pânico, porque eu não conseguia andar. Eu ficava pensando toda hora: 'Alguém vai chegar, vai querer me bater'. Então, me afetou muito", contou Benevenuto emocionado. 

O lance que gerou mais polêmica no clássico foi o pênalti marcado em Hulk em uma dividida com o zagueiro Oliveira. O atacante do Atlético converteu a cobrança e, no último lance da partida, Ademir garantiu a vitória alvinegra por 2 a 1. Jogadores, comissão técnica, dirigentes e torcedores do Cruzeiro se revoltaram com a marcação. 

"Minha vida até hoje é um inferno. Infelizmente não tinha o VAR, mas, mesmo se tivesse, a decisão, para nós, seria mantida, porque tínhamos só cinco câmeras naquele jogo, e nenhuma delas era totalmente conclusiva", comentou Benevenuto. 

"Tem um ângulo, que a própria comentarista de arbitragem, o Roger Flores, depois, no programa dele falou, que mostra que é pênalti. O atleta toca a perna do Hulk. Mas tem um outro ângulo que parece que o jogador do Cruzeiro toca primeiro a bola, depois a perna do Hulk. Mas não tem uma imagem esclarecedora, claríssima", completou.


Posicionamento em campo


Em programas esportivos, muito foi dito que Igor Junio Benevenuto estava mal posicionado para assinalar o lance. Nas redes sociais viralizaram uma foto em que mostra o volante Jair, do Atlético, tampando a visão do árbitro durante o contato entre os jogadores dentro da área.
"Pessoal questiona muito a questão do meu posicionamento. Eu poderia estar mais próximo, à frente do jogador do Atlético, mais lateralizado. Eu deveria estar mesmo. Mas, pelo ângulo que eu estava, eu consegui enxergar essa situação. É que eles tiraram uma foto em que um jogador do Atlético estava passando na minha frente. Um frame a mais e o jogador ficou na minha frente. Mas ali eu já tinha decidido. Tanto que se você ver a foto, a bola já estava longe", explicou Benevenuto.

O árbitro voltou a ser escalado para apitar uma partida profissional no dia 19 de março, no duelo entre Pouso Alegre e Uberlândia, pela 11ª rodada do Mineiro. Desde então, de acordo com o site oGol, Benevenuto ainda não apitou nenhum duelo.

Super Esportes



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.